Tamanho do texto

O "Rei" condenou ganância de empresários do futebol, entre eles o pai de Neymar no negócio com o Barcelona

Pelé e Neymar nos tempos de Santos
Samir Carvalho
Pelé e Neymar nos tempos de Santos

Pelé lamentou o escândalo recente em que Neymar se envolveu por conta da sua transferência para o Barcelona . O "Rei" se mostrou chateado com o alto número de empresários que comandam o futebol atualmente. 

Leia mais: Neymar volta a correr e deve voltar na Liga dos Campeões

"É lamentável. Eu tive proposta para ir para todo time da Europa, mas estava bem no Santos, e naquela época era diferente. Agora tem os empresários, que não pensam nos clubes quando pegam o jogador. Ele está pensando no que vai faturar e isto é triste hoje. Antes, o jogador queria ficar para o resto da vida no clube de coração. Hoje, joga um, dois anos e o empresário coloca em outro clube", disse Pelé em entrevista à ESPN.

Barcelona ofereceu seis milhões de euros por silêncio do DIS, diz jornal

Depois da queda do presidente do presidente do clube catalão, Sandro Rosell, foi divulgado que o pai e empresário do atacante, Neymar dos Santos, embolsou mais de 10 milhões de euros em 2011 pagos pelo Barcelona como garantia de que ele não fosse negociado com outro clube.

Todo o episódio envolvendo o atacante Neymar, Santos e Barcelona é visto com preocupação por Pelé. Segundo ele, situações extra campo podem atrapalhar o atleta no futuro do esporte. O melhor jogador do século também comentou sobre a venda de Montillo para o Shandong Luneng, da China.

"Que essa confusão não atrapalhe Neymar e nem os outros (jogadores) que estão para vir. Hoje você já não tem uma garantia de que o torcedor goste do time ou do jogador. O torcedor está confuso também, porque o empresário coloca onde o atleta, onde ele vai ganhar mais um pouco. O Montillo, por exemplo, era o melhor jogador do Cruzeiro, colocaram no Santos, ficou um ano e já tiraram ele de lá, que era um dos mais experientes", ressaltou.