Tamanho do texto

Com resultado de 2 a 0, clube alcança único triunfo de visitantes nos jogos de ida da Pré-Libertadores

Atual campeão da Sul-Americana, o Lanús voltou a mostrar sua força no futebol continental e conquistou mais um feito nesta quinta-feira. O time argentino visitou o Caracas, na Venezuela, e venceu por 2 a 0, ficando muito perto da fase de grupos da Libertadores. O resultado também teve outra marca significativa: o único triunfo de visitantes nos jogos de ida da Pré-Libertadores.

Lanús venceu o Caracas pela Libertadores
Getty Images
Lanús venceu o Caracas pela Libertadores

Sem se importar com a pressão da torcida adversária, o Lanus começou melhor e não demorou a dominar as ações da partida. Sendo assim, o time argentino abriu o placar logo aos 19 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, o capitão Goltz se antecipou aos zagueiros, desviou de cabeça e colocou no fundo das redes do goleiro Baroja.

Mesmo com a vantagem dos visitantes, o Caracas não conseguiu usar o fator casa para pressionar o time argentino e acabou sendo castigados aos 40 minutos do segundo tempo. Em jogada polêmica no ataque do Lanús, o árbitro marcou pênalti para o atual campeão da Sul-Americana e Goltz não desapontou. O capitão cobrou bem e deu números finais ao confronto.

Com a vitória fora de casa, o Lanús fica em situação bastante confortável no confronto pela Pré-Libertadores e pode até perder por um gol de diferença para avançar à fase de grupos. Derrotado por 2 a 0, o Caracas precisa de um milagre para se classificar na competição continental. Os venezuelanos têm que marcar três gols na Argentina e sofrer apenas um.

Caso confirme o favoritismo e não abra espaços para a zebra no confronto em casa, o Lanús já tem data de estreia definida pelo Grupo 3 da Libertadores. O time argentino encara o O’Higgins, do Chile. Ainda na mesma chave, o colombiano Deportivo Cali e o Cerro Porteño também lutam pelas vagas nas finais do torneio da América do Sul.