Tamanho do texto

Meia deixou a Lazio por cerca de R$ 49 milhões e se emocionou ao se despedir dos torcedores

De acordo com Hernanes, a troca da Lazio pela Inter de Milão foi uma escolha própria, e não motivada pela diretoria, que teria forçado o meio-campista a aceitar a oferta da rival. Nesta sexta-feira, o brasileiro usou o Facebook para explicar também o motivo do seu choro durante treinamento do time.

Confira a classificação do Campeonato Italiano

"Quero explicar minhas lágrimas, porque vocês entenderam tudo errado. Não chorei por terem me obrigado a sair, mas sim porque há uma negociação e eu poderei deixar Roma, uma cidade que amo, com a torcida que amo. Disse ao clube que gostaria de ir, vai ser melhor pro meu profissional", escreveu.

Hernanes ainda fez questão de deixar clara a boa relação com a cúpula da Lazio. "Quero agradecer publicamente, porque sempre foram muito justos comigo. Parte meu coração, mas quero dizer que todos vão ficar no meu coração pra sempre", prometeu Hernanes.

Vendido por 15 milhões de euros (R$ 49 milhões), o ex-são-paulino está prestes de assinar contrato de quatro anos com a Inter, que trocou de dono recentemente - o empresário indonésio Erick Thohir injetou dinheiro no clube de Milão, que vinha fracassando no futebol local.

Hernanes estava na Lazio desde 2010, quando foi negociado pelo Tricolor paulista, e acabou se tornando ídolo da torcida. Apelidado de "O Profeta", Hernanes, com 28 anos, chega para solucionar os problemas de meio-campo do time comandado pelo técnico Walter Mazzarri.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.