Tamanho do texto

Zagueiro teve um 2013 ruim no time do Morumbi e agora defende o Palmeiras, rival do São Paulo no domingo

O zagueiro Lúcio se disse "humilhado" no final de sua passagem pelo São Paulo, mas deixou alguns amigos no clube do Morumbi. Entre eles, dois dos principais líderes do elenco. O goleiro Rogério Ceni e o atacante Luis Fabiano se disseram animados para reencontrar o ex-companheiro, hoje no Palmeiras, no clássico de domingo, no Pacaembu.

São Paulo faz 6 a 3 no Rio Claro com três gols de Luis Fabiano

"Será o maior prazer reencontrar o Lúcio, um grande jogador que passou por aqui. Tenho certeza de que o Palmeiras fez uma ótima contratação", elogiou Ceni, sem entrar em polêmica sobre a relação do zagueiro com os dirigentes do São Paulo.

Lúcio teve uma péssima passagem pelo São Paulo em 2013 e agora está no Palmeiras
Djalma Vassão/Gazeta Press
Lúcio teve uma péssima passagem pelo São Paulo em 2013 e agora está no Palmeiras

Já Luis Fabiano lembrou que a sua amizade com Lúcio começou antes mesmo de se tornarem colegas na capital paulista. "Conheço o Lúcio faz tempo. Trabalhamos juntos por muito tempo na Seleção. Ele é um grande jogador e amigo. Mas, quando a bola rolar, cada um vai defender o seu lado", sorriu o centroavante.

Luis Fabiano está entusiasmado para enfrentar o Palmeiras não só por causa de Lúcio. O centroavante marcou três gols na vitória por 6 a 3 sobre o Rio Claro na noite de quarta-feira, no Morumbi, e enfatizou bastante que o resultado servia para motivá-lo para o clássico do fim de semana.

Rogério Ceni reforçou o discurso do centroavante, amigo de Lúcio como ele: "É claro que tivemos uma vitória muito importante para dar confiança antes de um clássico. Fiquei feliz também pelo Luis, que marcou três gols em um bom momento para nós. Centroavante precisa disso".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.