Tamanho do texto

Um torcedor foi de bicicleta ao Parque Ecológico cobrar o presidente, que deve salários ao elenco. No fim, ele se desculpou

Estava surpreendentemente calmo o treinamento do Corinthians na quinta-feira, um dia após a derrota por 5 a 1 para o Santos. Aí, um torcedor chegou de bicicleta ao CT do Parque Ecológico, parou em um dos estacionamentos e começou a fazer o seu protesto aos gritos.

O homem, que não se identificou, direcionou a maior parte de suas reclamações ao presidente Mário Gobbi. Ele apontou o fato de que o clube deve a alguns atletas do elenco, com gritos como "dever dinheiro para jogador é safadeza" e "aqui não pode ter molecagem".

Houve também frases direcionadas aos próprios atletas, como "vamos jogar bola". Após cerca de quatro minutos de gritos, o torcedor subiu em sua bicicleta e deixou o CT. "Desculpa. Era isso o que eu tinha para falar, estou triste. Era um desabafo", concluiu o corintiano.

Foi a única movimentação fora da normalidade no centro de treinamento após a dura derrota da última quarta. Os titulares na goleada fizeram um trabalho de recuperação na parte interna, enquanto os reservas participaram de uma atividade técnica e tática observada por Mano Menezes.

A equipe do Parque São Jorge voltará a campo no próximo domingo, contra a Ponte Preta, em Campinas. Mano já falou sobre a urgência de reagir, pois, "não dá para perder três seguidas no Corinthians". O treinador certamente fará alterações na formação que foi massacrada na Vila Belmiro.

Sem marcar desde julho, Emerson faz oito gols em treino

Com os titulares em um trabalho de recuperação na reapresentação do Corinthians, os reservas tiveram um desempenho defensivo semelhante. Um dia após a derrota por 5 a 1 para o Santos, houve muitos gols no treino técnico e tático observado por Mano Menezes, oito deles marcados por Emerson.

Como já havia feito na própria Vila Belmiro apesar do placar desastroso, o atacante demonstrou muito empenho na atividade, realizada em metade do campo. Seus gols saíram com grande facilidade, e sua disposição em mostrar vontade o levou a chutar o gramado quando uma oportunidade foi perdida.

Emerson não balança a rede desde o dia 31 de julho, quando marcou na vitória por 2 a 0 do Corinthians sobre o Grêmio. De lá para cá, perdeu chances e passou a ser figura frequente no banco de reservas. Neste ano, no único jogo em que foi escalado como titular, não foi bem.

No entanto, Emerson não foi o único que se destacou no treino de quinta-feira. Praticamente descartado por Mano Menezes, o peruano Cachito Ramírez continua apresentando um futebol satisfatório no CT do Parque Ecológico. Ele estava no time do Sheik, com quem firmou boa parceria, dando três assistências e marcando um golaço.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.