Tamanho do texto

Segundo Carlinhos, time foi bem até os 35 minutos, mas depois a falta de condicionamento físico pesou

Jean, do Fluminense, se livra da marcação do Resende em jogo pelo Campeonato Carioca
Fernando Cazaes/Photocamera
Jean, do Fluminense, se livra da marcação do Resende em jogo pelo Campeonato Carioca

O Fluminense não empolgou sua torcida, mas venceu o Resende por 1 a 0 , na noite de quarta-feira, no estádio do Maracanã. Apesar da insatisfação da torcida com o desempenho da equipe, o lateral esquerdo Carlinhos elogiou a atuação no início do confronto, lamentando a queda física no decorrer do compromisso.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"Nós criamos bastante, mas o condicionamento pesa muito. Até os 35 minutos do primeiro tempo, o Fluminense atuou bem e estava chegando. Mas tem uma hora em que o condicionamento fala mais alto. Esperamos adquirir o mais rápido possível", afirmou.

O torcedor que compareceu ao Maracanã vaiou o Tricolor nos minutos finais, deixando claro que o início de temporada não é o esperado. No entanto, assim como o lateral, o goleiro Diego Cavalieri também considera o cansaço um obstáculo nas primeiras rodadas do Campeonato Carioca.

"É difícil agradar, mas o futebol é muito competitivo. Se puder vencer com supremacia, é o ideal, mas só tivemos dez dias de trabalho neste começo e já disputamos quatro jogos. Só a partida vai trazer ritmo, e o importante é que estamos no caminho certo", comentou.