Tamanho do texto

Última vez que o time sofreu tantos gols foi no Brasileirão de 2007, quando perdeu de 5 a 2 para o Atlético-MG

A goleada por 5 a 1 sofrida diante do Santos nesta quarta-feira representa a pior derrota que Mano Menezes já teve como técnico do Corinthians . Aliás, sofrer cinco gols em uma mesma partida era algo que o clube não vivenciava desde antes da primeira passagem do treinador pelo Parque São Jorge. A última vez que isso aconteceu foi em 2007, na campanha que culminou no rebaixamento para Série B.

Alexandre Pato e Guerrero deixam o campo da Vila Belmiro após a goleada sofrida pelo Corinthians
Leandro Martins/Futura Press
Alexandre Pato e Guerrero deixam o campo da Vila Belmiro após a goleada sofrida pelo Corinthians

O jogo em questão teve como palco o Mineirão e ocorreu no dia 29 de agosto daquele ano, ainda nas rodadas iniciais do segundo turno do Campeonato Brasileiro. O responsável pela goleada foi o Atlético-MG, que se impôs desde os primeiros minutos e saiu de campo com uma vitória por 5 a 2.

Leia mais: Torcida do Corinthians estende protestos de Pato e Sheik a time todo

Comandado na época por Emerson Leão, o Atlético-MG resolveu a partida quando fez três gols no primeiro tempo, com Vanderlei, Danilinho e Marquinhos. Vanderlei voltou a balançar as redes no segundo tempo e marcou o quarto. O Corinthians esboçou uma reação com gols de Finazzi e Clodoaldo em um intervalo de cinco minutos. Mas Eder Luís não demorou muito tempo para jogar um banho de água fria em qualquer ânimo dos paulistas e dar números finais à goleada. 

Naquele jogo, o Corinthians era comandado por José Augusto, que chegou a entregar o cargo, mas voltou atrás na decisão após o pedido do zagueiro Betão, do goleiro Felipe e do volante Vampeta. Áquela altura do campeonato, o time seguia estacionado nos 27 pontos e ocupava a 16ª colocação, ainda quatro pontos à frente do primeiro integrante da zona de rebaixamento. 

Nas duas rodadas seguintes, o Corinthians reagiu ao vencer Santos e América-RN. Mas voltou a apresentar queda de rendimento na sequência da competição e não evitou o rebaixamento. 

O técnico Mano Menezes espera que a goleada sofrida na Vila Belmiro seja um divisor de águas para a equipe na temporada. "É preciso ter maturidade e equilíbrio para buscar aquilo que precisamos. É importante que todos assumam as responsabilidades e que esse jogo seja um divisor de águas. Vamos reunir nossas forças, fazer as análises internas e tomar as atitudes que precisamos tomar para que a gente possa, em um curto espaço de tempo, dar uma resposta muito diferente", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.