Tamanho do texto

Zagueiro foi vendido e assinou contrato com o clube italiano nesta tarde de quinta-feira até 2017

Henrique, enfim, é jogador do Napoli. Liberado pelo Palmeiras para negociar com o clube italiano, o zagueiro viajou para o país na última quarta-feira, foi aprovado nos exames médicos e assinou contrato até o dia 30 de junho de 2017.. O ex-palmeirense, inclusive, já posou para foto ao lado do presidente Aurelio De Laurentiis e recebeu dele as boas vindas.

Henrique, negociado pelo Palmeiras, posa ao lado do presidente do Napoli, Aurelio de Laurentiis
Divulgação
Henrique, negociado pelo Palmeiras, posa ao lado do presidente do Napoli, Aurelio de Laurentiis

"Bem vindo, Henrique. A sua experiência e suas habilidades se integrarão com perfeição com a nossa grande equipe", disse o cartola.

Henrique viajou para a Itália ao lado do agente Fifa e irmão de Marcos Malaquias, Naor Malaquias, na última quarta-feira e passou pela primeira bateria de exames. Nesta quinta, após finalizar os testes médicos e ser aprovado, o zagueiro assinou o contrato ao lado do presidente do clube.

O negócio foi concretizado depois do Napoli apresentar ao Palmeiras uma proposta definitiva 4 milhões de euros - cerca de R$ 13,2 milhões. Inicialmente, os italianos pediam o empréstimo do atleta até junho ou 18 meses, incluindo juros, ambas recusadas pela diretoria. 

Com a venda de Henrique, o técnico Gilson Kleina passa a contar com cinco atletas para a posição, são eles: Lúcio, Victorino (ainda recupera a forma física), Tiago Alves, Thiago Martins (machucou-se na Copinha e ficará ao menos seis meses longe dos gramados) e Wellington.

O Palmeiras ainda não se pronunciou sobre a transferência.