Tamanho do texto

"O que o Paulo quer é uma equipe compacta, que, além de atacar, saiba se defender", disse o volante

O técnico Paulo Autuori planeja manter a base da equipe deixada por Cuca, mas o novo comandante do Atlético-MG quer acertar o posicionamento da defesa, que segundo ele, falhou muito na temporada passada. O volante Pierre acredita que a atenção especial na defesa vai ajudar o time a sofrer menos gols em 2014.

"O Autuori está ajustando algumas coisas. Sabemos da qualidade técnica da nossa equipe, que é muito ofensiva. Nós temos que ter o cuidado necessário atrás. O que o Paulo quer é uma equipe compacta, que, além de atacar, saiba se defender, uma equipe organizada dentro de campo. Isso tem que ser ajustado no dia a dia. A gente vem assimilando bem. Tomara a Deus que tenhamos uma defesa que tome poucos gols e um ataque que faça muitos gols", declarou.

Pierre acredita que o entrosamento que adquiriu com Josué ajuda para acertar o posicionamento em campo. "Algo muito importante no futebol é o entrosamento. Estamos mantendo isso há algum tempo. A maior contratação foi a manutenção do elenco, algo primordial na sequência de um trabalho. Com um olhar, um jogador já sabe o que fazer, sabe o posicionamento em campo", disse.

Na quarta-feira, o Galo estreia no Mineiro contra o Minas Boca, de Sete Lagoas, e Pierre revela que mesmo com a experiência que adquiriu na carreira ainda sente um frio na barriga em estreias. "A estreia dá um friozinho na barriga, contra um adversário novo na competição. Adversário merece nosso respeito por estar na elite, mas esperamos estrear com o pé direito", concluiu.