Tamanho do texto

Estádio não tem 97% das obras concluídas ao contrário do que afirmam Corinthians e Odebrecht. Fifa não liga

Ao contrário do que afirmam Corinthians e Odebrecht, o estádio de São Paulo para a Copa do Mundo em Itaquera não tem 97% de suas obras concluídas. Mesmo ciente do quadro, a Fifa mantém a confiança de que estádio será entregue em 15 de abril, a menos de dois meses do Mundial, e ignora as contas imprecisas apresentadas por clube e construtora há uma semana. 

Previsão de conclusão da Arena Corinthians ignora assentos exigidos pela Fifa

Em reportagem do iG Esporte  ficou comprovada a falha nas contas apresentadas por Andrés Sanchez e a Odebrecht na última visita do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, ao estádio no dia 20 de janeiro.

O cálculo ignora os 20 mil assentos provisórios que deverão ser construídos para a Copa. Sem eles, que aumentariam a capacidade do estádio para 68 mil lugares, não seria possível que São Paulo recebesse a abertura. Logo, a porcentagem de 97% de obras concluídas é imprecisa.

"Como explicado em várias ocasiões, a expectativa da Fifa é que a Arena Corinthians esteja pronta para receber um primeiro evento teste em 15 de abril. E isso inclui os assentos temporários", disse a Fifa por meio de nota oficial. 

Segundo Andrés Sanchez, a estrutura para os assentos provisórios já está sendo instalada e estará pronta até o final de março. "A previsão é que (a estrutura com os assentos móveis) fique pronta até março. Certeza que em 15 de abril vai estar tudo ok", disse Sanchez ao iG