Tamanho do texto

Meia marcou o gol da vitória do Santos diante do Ituano já nos acréscimos do segundo tempo da partida

Cícero fez o gol da vitória do Santos diante do Ituano aos 46' do 2º tempo
Denny Cesare/Futura Press
Cícero fez o gol da vitória do Santos diante do Ituano aos 46' do 2º tempo

Cícero estreou com a camisa do Santos nesta temporada e anotou o gol da vitória para cima do Ituano aos 46 minutos do segundo tempo, após cobrança de falta por baixo da barreira. E se o time da Vila Belmiro sofreu para arrancar o placar positivo, o desempenho do meia rendeu elogios do técnico Oswaldo de Oliveira. 

O que achou da estreia de Cícero no Santos? Comente com outros jogadores

Inferior ao longo dos 90 minutos, Oswaldo apontou a diferença física entre as equipes como fator primordial do domínio do Ituano. "Ficou evidente a supremacia física do Ituano. Eles ganharam as bolas divididas, as bolas pelo alto, as antecipações e estavam melhor preparado fisicamente do que a gente", disse.

Apesar da fraca exibição do Santos, Oswaldo afirmou que o resultado não foi injusto, já que um jogador como o Cícero pode fazer a diferença em uma partida equilibrada. "O resultado foi justo. Um jogador com o talento de Cícero ao marcar um gol daquele, da maneira que foi, não se pode dizer que o resultado é injusto", ressaltou.

Leia também:  Autor de gol salvador, Cícero torce para permanecer no Santos

No fim do jogo, Oswaldo de Oliveira se envolveu em mais uma polêmica. Assim como na partida anterior, diante do Audax, quando disparou xingamentos para os torcedores do Santos que vaiaram o time. O treinador, desta vez, provocou a torcida do Ituano, após o gol de Cícero. "Acho que precisa perguntar para a torcida do Ituano o que eles fizeram", ironizou o treinador, que negou quaisquer gestos para os torcedores rivais.