Tamanho do texto

Juíza Lilian Cananéa, da comarca do município de Lucena-PB, concedeu liminar cancelando a partida

A partida entre Botafogo-PB e Náutico , válida pela terceira rodada da Copa do Nordeste, está marcada para a noite desta segunda-feira, no Nazarenão, em Goianinha-RN. Porém, a juíza Lilian Cananéa, da comarca do município de Lucena-PB, expôs uma liminar cancelando o embate, determinando que todas as partidas com mando de campo do time paraibano ocorram no Almeidão, em João Pessoa. Com o não pronunciamento da CBF sobre o caso, os pernambucanos segue treinando em solo potiguar.

Para o gerente de futebol Lúcio Surubim, o cronograma não foi alterado, mesmo com a indefinição da CBF: "Não recebemos nada de oficial. Sendo assim, não muda nada. Dormimos em Natal e nos prepararmos para o jogo. Não tem essa de perder o foco", sintetizou, em entrevista ao portal Super Esportes .

A determinação da juíza contrasta com uma decisão do STJD, que suspendeu o Almeidão por falta de seguranças. Na primeira rodada, o estádio, que está passando por reforma, foi palco de uma briga entre torcedores do Botafogo-PB e Sport. Os fãs adversários ocuparam o mesmo setor de arquibancadas, separados apenas por um cordão de isolamento policial.

A proximidade dos torcedores paraibanos e pernambucanos fez eclodir um conflito, que paralisou a partida, já que o spray de pimenta utilizado pelos policiais voou para o gramado, com o forte vento, atingindo os jogadores. Após o incidente, o estádio foi suspenso, tornando Goianinha-RN a nova casa do Botafogo-PB. O embate diante do Náutico, caso ocorra na data estipulada, será o primeiro do Belo em sua "nova casa".

Caso a partida seja suspensa, o próximo desafio dos comandados de Lisca será nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), também diante do Botafogo-PB, mas na Arena Pernambuco, em embate válido pela quarta rodada do Grupo D.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.