Tamanho do texto

Técnico da Chapecoense tentou achar aspectos positivos após derrota por 2 a 0 para o Juventus-SC

A estreia da Chapecoense no Campeonato Catarinense não foi boa. Porém, a derrota, por 2 a 0, diante do Juventus-SC, não inibiu o técnico Gilmar Dal Pozzo de destacar a atuação dos jogadores que chegaram em 2014 e já estão no time titular: Roni, Everton Silva, William Arão e Pirão. Wescley e Bergson também estrearam, entrando no segundo tempo. Todos foram aprovados pelo comandante.

"Gostei da equipe, dificilmente vou fazer avaliação individual, mas tudo está dentro do padrão. O Roni ainda não pegou o estilo do nosso Estadual, que é de contato, mas gostei da individualidade, vamos apostar nesse grupo", analisou.

Dal Pozzo não gostou apenas da defesa do time de Chapecó. "O setor era consolidado, não tomava gol", comentou.

A zaga da Chapecoense esteve composta pelos titulares do ano passado, que conquistaram o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro: André Paulino e Rafael Lima.

A Chapecoense volta a campo na próxima quarta-feira, às 20h30 (de Brasília), na Arena Condá, para encarar o Marcílio Dias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.