Tamanho do texto

Marca alemã deve pagar R$ 600 milhões ao clube inglês durante as próximas por cinco temporadas

Na manhã desta segunda-feira, o Arsenal confirmou a Puma como sua nova fornecedora de uniformes. A parceria passa a valer a partir de julho, e a marca alemã deve desembolsar 150 milhões de libras (cerca de R$ 600 milhões) para por cinco temporadas.

Veja classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Inglês

"O Arsenal tem sido um ponto estratégico da Puma há algum tempo. Nós temos orgulho de ter firmado parceria com um clube de grande porte. Entramos em uma nova era na história da nossa companhia, e a assinatura com o Arsenal representa uma grande oportunidade comercial e de marketing para a empresa reforçar sua credibilidade no mercado", planeja Bjoern Gulden, chefe-executivo da fornecedora esportiva, em entrevista ao site oficial do Arsenal.

"Estamos entusiasmados com esta parceria. A Puma é uma empresa cujo patrimônio e histórico de inovação têm forte afinidade com os nossos. Isso representa mais um importante passo à frente na evolução do Arsenal dentro e fora de campo", acredita Ivan Gazidis, chefe-executivo do clube londrino.

Em setembro do último ano, o possível modelo que será usado pelos Gunners na próxima temporada foi vazado por Linfor Christie, ex-atleta de atletismo do Reino Unido. Ele participou de um evento com Thierry Henry, ídolo do Arsenal que é patrocinado pela Puma, e posou para foto. Após compartilhar a imagem em suas redes sociais, Linfor apagou a postagem, mas o modelo da nova camisa acabou vazando mesmo assim.