Tamanho do texto

Volante, primeiro reforço desde a chegada de Seedorf ao clube, apresentou problema no joelho direito

Essien operou o joelho esquerdo e está em fase final de recuperação
Alex Livesey/Getty Images
Essien operou o joelho esquerdo e está em fase final de recuperação

Primeiro reforço do Milan desde que Clarence Seedorf assumiu o comando técnico, o volante Michael Essien pode ter sua transação suspensa e retornar ao Chelsea. Conforme divulgou o jornal La Repubblica na edição deste domingo, o ganês foi reprovado em exames médicos por causa de problemas em seu joelho direito e tem possibilidade de ser descartado pela equipe italiana, com quem acertou contrato até junho de 2015.

Conheça a nova página de futebol internacional do iG

Apesar dos maus resultados apresentados nos primeiros testes, o Milan realizará novos exames com o meio-campista para dar posição final sobre sua contratação ou não. Caso a transação seja cancelada, Essien deve cumprir seu vínculo com o clube londrino, que se estende até o fim desta temporada do futebol europeu.

Aos 31 anos, o volante tem convivido com diversos problemas físicos nos últimos anos. Em 2008, o atleta ganês rompeu os ligamentos cruzados do joelho direito e desfalcou o Chelsea, na época dirigido por Luiz Felipe Scolari. Em 2010, uma lesão nos ligamentos médios do joelho direito fez com que o meio-campista ficasse de fora da Copa do Mundo. Já em 2011, novamente lesionou a região.

Pouco utilizado pelo treinador José Mourinho nesta temporada, Essien disputou nove partidas, sendo cinco como titular, não marcou nenhum gol e recebeu cinco cartões amarelos. O volante ganês já havia sido emprestado ao Real Madrid em 2012/2013, participando de 35 jogos, sendo 31 como titular.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.