Tamanho do texto

Jogador espanhol deixou o Chelsea após negociação que custou 37,1 milhões de libras

Juan Mata assina contrato com o United ao lado do técnico David Moyes
Site oficial do Manchester United
Juan Mata assina contrato com o United ao lado do técnico David Moyes

O meio-campista espanhol Juan Mata assinou contrato com o Manchester United e se tornou o jogador mais caro da história do clube inglês. O valor pago para o ex-titular do Chelsea foi de 37,1 milhões de libras (R$ 146,5 milhões). Mata chegou em Manchester neste sábado, realizou exames médicos e já vestiu a camisa vermelha.

"Estou muito feliz por me juntar ao United. Tive anos muito felizes no Chelsea, mas chegou tempo de buscar um novo desafio. Aqui é o lugar perfeito para mim e estou animado com a chance de fazer parta da próxima fase da história desse clube", afirmou, em entrevista ao site oficial da equipe.

Interessado em Kroos, técnico do Man United observa o meia em jogo do Bayern

A estreia de Mata pode ocorrer na próxima terça-feira, no Old Trafford, pela 23ª rodada do Campeonato Inglês, diante do Cardiff, laterna da competição.

David Moyes, técnico do United, comemorou a chegada do novo contratado. "É um dos mais talentosos meias no futebol da atualidade e é um verdadeiro prazer ter conseguido contratá-lo. Eu sei que nossos torcedores admiram Juan há algum tempo, pois sempre jogou bem contra nós, e agora eles terão a oportunidade de vê-lo de vermelho, a começar por terça", disse.

Agüero marca três e garante o Manchester City nas oitavas da Copa da Inglaterra

A transição mais cara dos ingleses, até então, era a do búlgaro Dimitar Berbatov, que custou 33,5 milhões de libras. A imprensa local especula que o salário de Juan Mata irá dobrar em relação ao anterior, chegando a mais de R$ 2 milhões mensais.

Com a chegada do técnico português José Mourinho, o meia ficou sem espaço no Chelsea. O treinador trouxe para seu lugar William e André Schurlle, além de contar com Oscar e Hazard para completar o meio campo. Visando a Copa do Mundo de 2014, Mata não hesitou em assinar um novo contrato. "Fiquei impressionado com a empolgação dele por fazer parte desse novo Manchester United", completou Moyes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.