Tamanho do texto

Zagueiro também havia feito gol na rodada de abertura do Campeonato Carioca

Welinton marcou duas vezes para o Fla em 2014
Ernesto Carriço / Agência O Dia
Welinton marcou duas vezes para o Fla em 2014

O Flamengo assumiu a liderança isolada do primeiro turno do Campeonato Carioca ao derrotar o Volta Redonda, por 1 a 0, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no Estádio Raulino de Oliveira. O único gol do jogo foi marcado pelo zagueiro Welinton, aos 39 minutos do segundo tempo, o segundo marcado pelo jogador na competição. O Fla soma seis pontos, enquanto o Volta Redonda segue com apenas um, na 14ª posição.

Comente esta notícia com outros torcedores

O Flamengo mereceu o resultado por ter mostrado mais disposição para buscar a vitória, mesmo sem mostrar um bom futebol. O time cometeu muitos erros, mas se mostrou superior ao Volta Redonda, que começou bem, desperdiçou algumas boas chances e depois se acomodou.

Na próxima rodada, o Flamengo vai receber o Duque de Caxias, no Maracanã. O Volta Redonda vai enfrentar o Resende, no Estádio do Trabalhador.

O jogo

Os dois times começaram a partida voltados para o ataque. Com formações ofensivas, Flamengo e Volta Redonda se preocupavam em chegar à área adversária com poucos toques, mas o time da Cidade do Aço mostrava mais objetividade. Aos sete minutos, Zé Augusto experimentou de longe e assustou Paulo Victor. Aos nove, foi a vez do lateral João Paulo investir pela esquerda e cruzar para Tiago Amaral que chegou atrasado.

A primeira jogada perigosa da equipe rubro-negra só aconteceu aos 12 minutos, em cobrança de falta, executada por Gabriel, sem muito perigo. O Voltaço deu a resposta no minuto seguinte quando Laionel não conseguiu dominar um lançamento, mas a bola sobrou para Glauber que bateu e levou perigo.

O Volta Redonda seguia criando dificuldades para a defesa rubro-negra e, aos 19 minutos, foi a vez de Tiago Amaral se livrar da marcação e chutar forte para boa defesa de Paulo Victor. O Flamengo seguia encontrando dificuldades para chegar ao ataque. Negueba e Nixon não conseguiam ser acionados por Rodolfo e Gabriel que sofriam marcação cerrada do meio-campo do Voltaço.

Só aos 24 minutos é que o Flamengo chegou com muito perigo. Gabriel cruzou fechado, o goleiro Gatti não conseguiu cortar e a bola sobrou para Frauches que cabeceou para fora, desperdiçando uma boa oportunidade. Depois dessa jogada, o time dirigido por Jayme de Almeida passou a a equilibrar o jogo, obrigando o adversário a assumir uma postura mais defensiva.

Aos 30 minutos, Val cobrou falta, mas a bola passou longe do gol defendido por Gatti. No minuto seguinte, Digão cruzou e Gabriel meteu a cabeça, mas Gatti fez boa defesa. Depois dos 35 minutos, os dois times passaram a tocar a bola com mais lentidão, sem a preocupação de armar jogadas em velocidade para chegar ao gol adversário.

Aos 39 minutos, o goleiro Paulo Victor deu grande susto na torcida. Ele saiu mal do gol numa cobrança de escanteio e Marcelo cabeceou, com grande perigo. O segundo tempo começou com um ritmo diferente do apresentado na etapa inicial. As duas equipes voltaramm cautelosas, errando muitos passes, o que prejudicava o desenvolvimento da partida.

A lentidão das equipes começou a causar protestos nas arquibancadas e o Flamengo tentou acelerar seu jogo. Aos nove minutos, Gabriel enfiou para Matheus no meio dos zagueiros, mas o filho de Bebeto chegou atrasado. Matheus, aliás. não conseguia se entender com Negueba que mostrava muito individualismo e não conseguia dar prosseguimento às jogadas de ataque.

O técnico Jayme de Almeida prosseguiu fazendo alterações para tentar melhorar o rendimento da equipe, sem resultados concretos, porque o Flamengo ficava mais tempo com a bola, sem qualquer objetividade. Aos 32 minutos, Gabriel tentou a jogada individual, mas o cruzamento para os atacantes que estavam na área, acabou bloqueado pela defesa do Voltaço. O time da Cidade do Aço se mostrava satisfeito com o resultado e tentava apenas evitar que o adversário chegasse ao gol.

Mesmo com poucas ambições ofensivas, o Volta Redonda teve a chance de marcar. O lateral João Paulo cruzou, a defesa do Flamengo não cortou e Rodrigo Dantas, inteiramente livre, cabeceou para fora.

E o Flamengo acabou marcando aos 39 minutos. Depois de cobrança de escanteio, a zaga do Volta Redonda não conseguiu afastar o perigo e a bola sobrou para o zagueiro Welinton, que de perna esquerda, bateu no canto direito de Gattri. Foi o segundo gol do zagueiro na competição.

FICHA TÉCNICA:
VOLTA REDONDA 0 X 1 FLAMENGO

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ
Data: 22 de janeiro de 2014, quarta-feira
Hora: 22h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e André Roberto Silveira
Cartão Amarelo: Gilberto(VR); Frauches(Fla)
Gol
FLAMENGO: Welinton, aos 39 minutos do segundo tempo

VOLTA REDONDA: Gatti; Jefferson Feijão, Marcelo, Gilberto e João Paulo; Bruno Barra, Zé Augusto e Glauber e Laionel(Sassá):Preto(Marcos Vinicius) e Tiago Amaral(Rodrigo Dantas)
Técnico: Tarcísio Pugliese

FLAMENGO: Paulo Victor, Digão, Welinton, Frauches e João Paulo; Cáceres(Muralha), Val, Gabriel e Rodolfo(Darlan); Negueba e Nixon(Matheus)
Técnico: Jayme de Almeida

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.