Tamanho do texto

Se a ideia é fazer dinheiro com o cabeça de área, a venda é relativamente urgente por causa de sua idade

Ralf, volante do Corinthians
Wagner Carmo/VIPCOMM
Ralf, volante do Corinthians

O Corinthians recebeu sondagens do Napoli por Ralf e espera uma proposta pelo volante. Em um momento de dificuldades financeiras - deve direitos de imagem a Alexandre Pato e ao próprio Ralf -, o clube admite negociar o volante de 29 anos com o futebol italiano.

"Precisamos esperar uma proposta oficial. Não teve. É óbvio que, quando chegar, vamos sentar e discutir. O que teve foi uma sondagem de que o Napoli queria por empréstimo. Por empréstimo, não tem cabimento. Quanto à venda definitiva, se for bom para ele, para nós e para o outro clube, por que não fazer?", afirmou o diretor de futebol alvinegro, Ronaldo Ximenes.

Se a ideia é fazer dinheiro com o cabeça de área, a venda é relativamente urgente por causa de sua idade. De qualquer maneira, a diretoria do Corinthians está certa de que não falta mercado ao jogador, com passagens pela Seleção Brasileira.

"O Ralf? Tenho certeza. Pelo que falam, tenho certeza de que tem mercado. Pelo que ele mostra em campo, pelo que ele joga... Embora com 29 anos, tenho certeza de que tem mercado. Mas temos que aguardar", comentou Ximenes.

Louca para fazer caixa, a diretoria vendeu Edenílson por 3,5 milhões de euros (pouco mais de R$ 11 milhões). Como tinha 40% do atleta, receberá cerca de R$ 4,4 milhões. A grana deve ser maior com a eventual negociação de Ralf, pois o clube tem 90% dos direitos econômicos do camisa 5.

Duro será substituí-lo. "Todo jogador do Corinthians é difícil de ser substituído. Principalmente o Ralf. É por isso que tem que se pensar com muito carinho se vale a pena para o jogador e para o clube, se não compromete o planejamento tático do professor Mano Menezes", concluiu Ximenes. Se a proposta não for muito baixa, Mano vai ter que se virar sem o cão de guarda.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.