Tamanho do texto

Segundo o jornal português "A Bola", clube brasileiro pagará € 6 milhões por 50% dos direitos do volante

Elias vai permanecer no Flamengo
Fabio Castro/Agif/Gazeta Press
Elias vai permanecer no Flamengo

As negociações do Flamengo para manter o meia Elias ganharam um novo capítulo nesta quinta-feira. O clube brasileiro confirmou o envio de uma nova proposta ao Sporting, que por enquanto nega ter chegado a um acordo para liberar o atleta. O jornal português "A Bola", por sua vez, diz que o neg[ocio já foi fechado.

"O Flamengo mandou a proposta para o Sporting e está aguardando a resposta do clube português. É uma boa proposta para todas as parte e esperamos ter sucesso nessa negociação. Não depende só de nós e por isso temos que esperar. O Elias é um jogador que foi muito bem aqui no clube e se identificou com o torcedor. Tenho certeza de que ele vai voltar para nos ajudar na Libertadores", disse Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo.

O Sporting, em referência à informação do jornal, emitiu um comunicado em seu site oficial criticando a especulação envolvendo o destino de Elias. O clube português diz categoricamente que o Flamengo ainda não chegou ao valor necessário para adquirir 50% dos direitos econômicos do jogador - a outra metade pertence a um grupo de investidores.

Mercado da bola: veja as transferências que movimentam o futebol brasileiro

"As notícias publicadas nos mais diferentes órgãos de comunicação sobre o jogador Elias são completamente falsas, tanto é assim que neste momento, e tendo em conta o conteúdo das propostas do Flamengo em posse do Sporting, não se vislumbra qualquer hipótese de o referido jogador se transferir para este clube", disse o Sporting.

Já o "A Bola" informou que o clube carioca e o Sporting chegaram a um acordo de € 6 milhões de euros (R$ 19,32 milhões).

Elias foi emprestado ao Flamengo durante 2013 e se tornou um dos xodós da torcida com a conquista da Copa do Brasil. No ano passado, ele vestiu a camisa rubro-negra 55 vezes e marcou dez gols, sendo metade dos gols na campanha do título nacional.

*com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.