Tamanho do texto

Lateral-direito retorna ao Parque São Jorge sete anos depois de ter saído do clube pela primeira vez

Fagner é apresentado no Corinthians
Mauro Horita/Agif/Gazeta Press
Fagner é apresentado no Corinthians

"Está oficialmente apresentado", afirmou, sucintamente, o diretor de futebol do Corinthians , Ronaldo Ximenes. Assim, sete anos depois de deixar o clube do Parque São Jorge de maneira conturbada, Fagner voltou a vestir preto e branco e admitiu o arrependimento pelo adeus prematuro.

"É uma felicidade enorme voltar ao clube que me abriu as portas, que me ensinou a ser atleta. Vou poder, enfim, continuar uma história que ficou aberta", afirmou o lateral. "Eu era muito novo, não conhecia bem como era o futebol. Em certos momentos, eu me arrependi bastante, mas Deus é muito bom e está me dando a oportunidade de continuar a história interrompida."

Fagner apareceu bem no Campeonato Brasileiro de 2006, com 17 anos, mas seu contrato se encerrava em fevereiro de 2007. Não houve acordo para a renovação, e o garoto se mandou para o PSV Eindhoven. Rodou até voltar ao Corinthians, emprestado por um ano pelo alemão Wolfsburg.

"A gente sabe que o futebol é muito dinâmico. É fácil falar que gostaria de ter estado aqui só nos momentos bons. Eu me arrependi muito, principalmente em 2008, quando voltei do PSV e fiquei três meses parado. Mas, como falei, as coisas são dinâmicas e Deus colocou as pessoas certas na minha vida", comentou.

Agora, aos 24 anos, Fagner é jogador do Corinthians mais uma vez. E ele promete trabalhar para atingir o potencial que mostrava ainda como adolescente. "Volto mais maduro. Conheci culturas diferentes, treinadores diferentes, e isso faz você evoluir. Mas não pode ficar parado no tempo, tem que evoluir sempre."

Fagner disse ainda não saber quando estará em condições de fazer a sua estreia pelo Corinthians. Ele trabalha para entrar em forma e ficar à disposição do técnico Mano Menezes, que pretende colocá-lo na equipe titular.

O gaúcho chegou a brincar que o jogador estava treinando "mais ou menos" antes de começar a trabalhar no CT do Parque Ecológico. A ideia é utilizá-lo a partir da próxima semana, com a possibilidade de estreia na partida de quarta-feira, contra o Santos, na Vila Belmiro.

Com a aposentadoria de Alessandro e a venda de Edenílson para a Udinese, a lateral direita está vaga no Corinthians. Fagner foi contratado justamente para assumir a posição e terá a concorrência de Diego Macedo, que teve um bom desempenho na vitória sobre o Paulista.

"Não existe lugar garantido. Quando você joga no Corinthians, sabe que existe uma concorrência grande. O Diego Macedo fez uma boa partida. Vou trabalhar, buscar meu espaço. No Corinthians, você tem que trabalhar e mostrar a cada dia", comentou o atleta de 24 anos.

Quando jogar, Fagner sabe que será bastante acionado, pois Mano Menezes vem dando ênfase aos lances pelos lados do campo, marcando três gols assim nas rodadas iniciais do Campeonato Paulista. "É um ponto forte, a equipe mostrou isso nos dois jogos que fez. Temos bons cabeceadores, jogadores que cruzam bem a bola."


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.