Tamanho do texto

Após empate na abertura do Campeonato Paranaense, time de Curitiba perdeu por 1 a 0

Sidcley tenta levar o Atlético-PR ao ataque contra o Toledo
CLEBER YAMAGUCHI/Agência Eleven/Gazeta Press
Sidcley tenta levar o Atlético-PR ao ataque contra o Toledo

Não foi desta vez que o time sub 23 do Atlético Paranaense desencantou no Campeonato Paranaense. Pior, perdeu em casa para o Toledo Colônia Work, por 1 a 0, no Eco Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba. Com o resultado, o time do interior, que estreou fora de seus domínios diante do Operário, agora soma quatro pontos contra apenas um do Atlético.

Comente esta notícia com outros torcedores

O time do interior abriu o placar aos 15 minutos do primeiro tempo, com André Luís, que subiu na área e testou para as redes. Sem inspiração, o Atlético abusou dos chutes de fora da área, sem sucesso algum.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense recebe o Operário, sábado, no Eco Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba. Já o Toledo terá pela frente no domingo o Londrina, no Estádio XIV de Dezembro.

A partida começou movimentada, com correria dos dois lados, mas poucas conclusões. Aos sete minutos, Douglas Coutinho partiu para a jogada individual pelo meio da defesa e foi desarmado antes de invadir a área. Aos poucos o Furacão se soltava em campo. Aos 10 minutos, Dominic soltou o petardo e a defesa desviou pela linha de fundo para salvar.

Porém, quem abriu o placar foi o Toledo. Aos 15 minutos, levantamento na pequena área e André Luis apareceu para desviar e balançar as redes. O Atlético tentou responder com Dominic, que as 18 minutos girou na entrada da área e mandou para fora. Sem conseguir penetrar na defesa do Toledo, Otávio arriscou de fora da área, aos 25 minutos, e carimbou a zaga.

O Atlético não encontrava solução e se resumia aos chutes de longe, como aos 28 minutos, novamente com Dominic. Em uma rara chegada do Toledo, Marcel chutou cruzado, aos 37 minutos, mas errou o alvo. Aos 37 minutos, Douglas Coutinho fez a jogada, abriu espaço e fuzilou para grande defesa de Giovani.

Para a segunda etapa, o Atlético retornou com Bruno Furlán no lugar de Sidcley. Logo no primeiro minuto, a bola sobrou para Dominic emendar para fora. A resposta veio na mesma moeda, com André Luis, aos seis minutos, O panorama da partida não mudou muito após o intervalo.

Aos 14 minutos, Cairo avançou com a bola sem marcação e arriscou o tiro, que subiu demais e passou por cima da meta. Aos 17 minutos, George acertou um lindo chute, no ângulo, e Rodolfo foi melhore ainda para buscar e ceder escanteio. Petkovic queimou as últimas mudanças com as entradas de Gustavo e Lucas Alves. Aos 22 minutos, Duda subiu para evitar a cabeçada de Léo Pereira e salvar o Toledo.

Susto para o Atlético aos 32 minutos, André Luiz tentou surpreender o goleiro Rodolfo, quase da intermediária e o camisa 1 teve trabalho para defender em dois tempos. Fora de campo, Petkovic não escondia o nervosismo. No desespero, Gustavo tentou resolver sozinho, aos 40 minutos, e foi desarmado. Em duas rodadas, o Atlético ainda não conseguiu sua primeira vitória e a torcida reclamou.

Londrina vence a primeira no Paranaense

A segunda rodada do Campeonato Paranaense 2014 teve mais três partidas no horário das 19h30 (de Brasília) sem envolver os três grandes da capital. O Londrina, a grande decepção da primeira rodada, se recuperou com autoridade e bateu o Prudentópolis por 3 a 0, no estádio do Café. Arthur abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo. Depois do intervalo, Alexandre Bambu e Neto Almeida balançaram as redes.

O Cianorte perdeu mais uma, agora em casa, no Estádio Albino Turbay, por 3 a 1, para o J. Malucelli, que se recuperou do empate na estreia. Getterson marcou aos 10 minutos do primeiro tempo. Aos 42 minutos, Bruno Batata ampliou a vantagem. Na segunda etapa, Marquinhos Cambalhota, aos 34 minutos, descontou. Mas Bruno Batata, aos 42 minutos, fez o terceiro.

Quem também se reabilitou do empate na primeira rodada foi o Operário, que bateu o Rio Branco de Paranaguá por 3 a 1, no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa. William abriu a contagem aos 40 minutos da etapa inicial. Lucas Batatinha fez mais um, aos 44 minutos. Após o intervalo, Renan fez contra. Aos 19 minutos, para o Leão da Estradinha. Mas Ícaro, aos 26 minutos, fechou a conta para o Fantasma.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 0 x 1 TOLEDO

Local: Eco Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba (PR)
Data: 22 de janeiro de 2014, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Antônio Denival de Morais
Assistentes: Diogo Morais e Luiz Paulo Galli
Cartões amarelos: Tárik, Rodolfo e Juninho (Atlético-PR); Diogo Batista (Toledo)
Gols: TOLEDO: André Luís, aos 15 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-PR: Rodolfo; Jean Felipe, Renato Chaves, Tárik (Lucas Alves) e Léo Pereira; Juninho, Otávio e Marquinhos e Sidcley (Bruno Furlán); Douglas Coutinho (Gustavo) e Dominic
Técnico: Petkovic

TOLEDO: Giovani; Maicon, Diogo Batista, Duda e George; Diogo Fogliato (Murici), Marcel (Zé Anderson), André Luiz e Diego Luiz (Samuel); Caio e Vinícius
Técnico: Paulo Foiani

* Com Gazeta Esportiva

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.