Tamanho do texto

Desde que chegou ao profissional, o atacante entrou em campo em 75 jogos , 39 como titular, e marcou dez gols

Destaque nas categorias de base do São Paulo, Ademilson começou a treinar ao lado dos profissionais em 2011 e, na temporada seguinte, foi fixado definitivamente no elenco principal do clube tricolor. Apesar das expectativas, o atacante ainda não conseguiu repetir em sequência as boas atuações que o projetaram entre os juniores. Entretanto, o atleta, de 20 anos, espera atingir novo patamar em seu desempenho neste ano.

Ademílson em ação no treino do São Paulo
Site oficial
Ademílson em ação no treino do São Paulo

"Eu esperava muito mais, só que tive muitos altos e baixos nesses dois anos e meio que estou no profissional. Não foi o ideal que eu havia projetado. Sei que preciso ter calma e nunca me desesperei. Tomara que o auge ocorra neste ano", afirmou o atacante depois de atividade no Centro de Treinamento de Cotia, nesta terça-feira.

Desde que chegou ao profissional, Ademilson entrou em campo em 75 oportunidades, sendo 39 como titular, e marcou dez gols. No segundo semestre de 2013, com a chegada do técnico Muricy Ramalho e a queda de rendimento de Osvaldo, o atacante recebeu mais chances de começar atuando desde o início e passou a formar dupla com Luis Fabiano. Neste ano, novamente tem sido colocado na escalação principal.

Insatisfeito com as opções oferecidas no elenco do São Paulo, Muricy Ramalho já solicitou aos dirigentes a contratação de mais atletas para compor o setor ofensivo. Rafael Sobis (Fluminense) interessava, mas foi descartado após sua pedida salarial. O centroavante Ricardo Oliveira (sem clube) ganhou força nos últimos dias e pode acertar nas próximas semanas.

"É chato (a torcida pedir contratações para o ataque), pois sempre esperamos apoio. No entanto, sei que não adianta não dar os resultados que eles aguardam e ainda querer apoio. Não podemos reclamar do que eles estão fazendo se não fazemos valer a pena dentro de campo", encerrou Ademilson.

Luis Ricardo descarta ovada no aniversariante Rogério Ceni|

Contratado pelo São Paulo em negociação com a Portuguesa no final do último ano, o lateral direito Luis Ricardo segue em fase de adaptação ao elenco comandado pelo treinador Muricy Ramalho. Recém-chegado, o atleta descartou em tom bem humorado a possibilidade de dar a tradicional ovada no goleiro Rogério Ceni, que completa 41 anos de idade nesta quarta-feira.

"Vamos dar os três pontos de presente para ele que já está de bom tamanho (risos)", afirmou o jogador, lembrando o confronto com Mogi Mirim, às 22 horas (de Brasília), no Morumbi, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Quem também escapou da tradicional brincadeira no dia de seu aniversário foi o próprio Luis Ricardo. O lateral direito completou 30 anos nesta terça-feira e sequer sofreu ameaça de receber ovada, já que a maioria do plantel tricolor não sabia da data comemorativa.

"Eles não sabiam que era meu aniversário. Falei só para algumas pessoas, até meio escondido, justamente para não acontecer essas brincadeiras. Quero a vitória de presente", encerrou o atleta.

Derrotado por 2 a 0 pelo Bragantino na primeira rodada do torneio estadual, o São Paulo aparece na quinta e última colocação do Grupo A. Entretanto, o clube tricolor tem a mesma pontuação de todos seus adversários da chave, já que as outras quatro equipes também foram derrotadas na primeira rodada.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.