Tamanho do texto

Gol do zagueiro Jubal aos 42 do segundo tempo evita o tropeço na capital paulista

Victor Andrade encara a marcação do Audax no Pacaembu
Wagner Carmo/Inovafoto/Gazeta Press
Victor Andrade encara a marcação do Audax no Pacaembu

Jogando no Pacaembu, só que como visitante, o Santos não repetiu o bom futebol da estreia e ficou no empate diante do Audax, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. O gol marcado aos 42 do segundo do tempo, pelo zagueiro Jubal, não refletiu o que foi a partida.

Comente esta notícia com outros torcedores

Com o Pacaembu quase vazio, o Audax mostrou que era o mandante e tomou a iniciativa do jogo. Em um sistema de rotatividade de seus jogadores, o time de Osasco não dava um "chutão", e impressionava com o futebol ofensivo e de muita posse de bola. Os gols foram marcados pelo atacante Caion, aos 13 minutos do primeiro tempo, e pelo zagueiro Jubal, aos 42 da etapa complementar.

O time do Audax tem como presidente o ex-jogador Vampeta, que estava presente nas arquibancadas do Pacaembu. Apático e muito desfalcado, o Santos não fez uma boa partida, tendo raras chances de gol. O número 10 do time de Osasco, Rafinha, foi o destaque do jogo. O meia liderou a equipe e estava em todos os lados do campo, causando adversidades para a zaga santista.

Na próxima rodada, o Santos viaja até Itu para encarar o Ituano, no Estádio Novelli Júnior, no próximo domingo, às 19h30. Já o Audax enfrenta a Ponte Preta, em Campinas, no próximo sábado, 25, também às 19h30.

O Audax abriu o placar aos 13 minutos do primeiro tempo, após jogada de Rafinha pela esquerda. O meia fintou Bruno Peres e cruzou na cabeça de Caion, que de peixinho mandou para o fundo das redes.

Aos 19 minutos, mais uma vez o atacante Caion apareceu livre na entrada da área. O atacante bateu de esquerda no meio do gol, e Aranha espalmou, salvando o segundo gol do Audax. Quatro minutos depois, contra-ataque rápido do time de Osasco, puxado por Rafinha. O meia colocou a bola entre as pernas de Jubal, driblou Gustavo Henrique e ao invés de tocar na pequena área, onde havia um jogador livre sozinho, preferiu bater forte e a bola passou raspando o travessão do goleiro santista.

Santos destrava no segundo tempo, bate Atlético-MG e está na final da Copinha

A primeira oportunidade de gol do Santos só foi acontecer aos 28 minutos. Bruno Peres recebeu na entrada da área, cortou para a perna esquerda e bateu forte mirando o ângulo esquerdo de Felipe Alves, obrigando o goleiro do Audax a espalmar para escanteio.

No segundo tempo, o Audax continuava pressionando. Em tabela rápida no meio da zaga santista, Rafinha achou Caion sozinho na pequena área. O atacante, livre, bateu de esquerda para fora do gol, perdendo uma chance clara de aumentar o placar no Pacaembu.

Aos 18 minutos, Velica cruzou na medida para Denílson, que atrás de Mena, chutou de primeira, obrigando Aranha a fazer mais uma boa defesa. O goleiro santista era o melhor jogador do Santos na partida.

Victor Andrade entrou bem na partida e deu mais movimentação ao time santista. Em bela jogada individual o atacante santista arrancou com a bola e bateu forte de esquerda. O goleiro do Audax quase falha no lance e acabou espalmando a bola para escanteio.

Aos 25 minutos mais uma boa oportunidade de gol desperdiçada pelo Audax. Nenê Bonilha puxou rápido contra-ataque e saiu na frente do Aranha, porém foi muito fominha e acabou perdendo a chance de aumentar o placar na Vila, após boa saída do goleiro santista.

Mais uma vez foi nos pés de Victor Andrade a chance de empate do Santos. O jovem atacante recebeu na entrada da grande área, escapou da falta e bateu forte no gol, porém o chute saiu travado e o goleiro do Audax fez uma boa defesa.

Aos 42 minutos, após cabeceio de Jubal, o Santos chegou ao empate. Thiago Ribeiro cobrou escanteio da direita e o jovem zagueiro santista subiu sozinho na pequena área empatando a partida. Antes do fim, já nos acréscimos o Audax quase passou a frente do placar, porém o chute de Denílson passou raspando a trave.

FICHA TÉCNICA
AUDAX 1 X 1 SANTOS

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 21 de janeiro de 2014, terça-feira
Hora:
19h30 (de Brasília)
Árbitro:
Marcelo Prieto Alfieri
Assistentes:
Marcelo Carvalho Van Gasse e Risser Jarussi Corrêa
Cartões amarelos:
Bruno Peres (Santos); Tchê Tchê (Audax)
Gols:
AUDAX: Caion, aos 13 minutos do primeiro tempo;
SANTOS:Jubal aos 42 minutos do segundo tempo

AUDAX: Felipe Alves; André Castro, Francis e Didi; Camacho, Velica, Nadson (Thiago Silvy), Rafinha (Edinei), Nenê Bonilha e Tchê Tchê; Caion (Denílson)
Técnico: Fernando Diniz

SANTOS: Aranha; Bruno Peres, Gustavo Henrique, Jubal e Mena; Alan Santos, Leandrinho (Victor Andrade) e Cicinho e Thiago Ribeiro; Geuvânio (Léo Cittadini) e Gabriel (Diego Cardoso)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.