Tamanho do texto

São Paulo procura novidades para o setor ofensivo e se preocupa em contar apenas com Luis Fabiano

Muricy Ramalho, técnico do São Paulo
Rubens Chiri/saopaulofc.net
Muricy Ramalho, técnico do São Paulo

Muricy Ramalho tem se mostrado compreensivo com a dificuldade da diretoria do São Paulo de reforçar o seu elenco. Com os laterais Luis Ricardo e Álvaro Pereira como únicas contratações até o momento, o técnico acha que o clube ainda conseguirá fazer bons investimentos no exterior.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"Deverão chegar mais reforços. Queremos jogadores de qualidade. Não adianta ser mais ou menos. É claro que isso demora um pouco mais, pois as negociações são complicadas. Vamos tentar mais precisamente fora do País. Está muito difícil aqui dentro", comentou.

Leia também: São Paulo confirma contratação de lateral uruguaio Álvaro Pereira

A prioridade do São Paulo é reforçar o seu setor ofensivo. Luis Fabiano, por exemplo, é o único centroavante de ofício à disposição de Muricy. "Estamos conscientes de que precisamos melhorar em alguns setores. Faltando um homem de área, temos que tomar ainda mais cuidado com as contusões do Luis Fabiano", lamentou.

A torcida do São Paulo, no entanto, não tem a mesma paciência do treinador. O público que assistiu à derrota por 2 a 0 para o Bragantino no Estádio Nabi Abi Chedid, na primeira rodada do Campeonato Paulista, gastou a voz para cobrar a diretoria: "Queremos jogador!".

"A torcida tem o direito de reclamar. É claro que foi só o nosso primeiro jogo, mas o torcedor pode fazer isso sempre. A gente não deve repetir o que aconteceu no ano passado", conscientizou-se Muricy Ramalho, esperançoso em superar os problemas com os tão aguardados reforços. "Estamos no mercado, enfrentado uma dificuldade grande, mas conseguiremos trazer os atletas."

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.