Tamanho do texto

Atacante admite necessidade de melhorar a forma física e 'pegar ritmo logo'

O atacante Léo Gamalho vive a expectativa de estrear com a camisa do Santa Cruz. Mesmo sem estar na condição física ideal, o centroavante pode jogar na próxima quarta-feira, às 21h15 (de Brasília), na Fonte Nova, diante do Bahia, pela 2ª rodada da Copa do Nordeste. "Não estou 100%. Ainda preciso trabalhar bastante e melhorar a cada dia. Sei que início é sempre difícil, mas quero pegar ritmo logo", afirmou.

No entanto, não é só a parte física que pode atrapalhar. A diretoria coral esperava que o nome do atleta fosse publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF na última segunda-feira, mas, por conta de um feriado no Rio de Janeiro, a publicação deve ocorrer na terça. "Tem que esperar os cariocas que estão de férias, não é? Mas estou treinado todos os dias, bem focado", brincou Léo.

Questionado sobre uma possível parceria na frente com Cassiano, o jogador explicou que pode dar certo. "Ele joga mais pelos lados, é mais veloz. Eu vou pelo meio, gosto de trombar os zagueiros, fazer parede. É uma opção para o (técnico da equipe) Vica".

O número da camisa também não é problema para o atacante. "A nove está disponível, mas não é minha. Vai ser de quem estiver melhor. Temos que respeitar todos os companheiros que estão aqui, não adianta dizer que sou o cara. O (Flávio) Caça-Rato é um ídolo da torcida, se ele quiser jogar com a nove, todos vão ajuda-lo a conseguir. O treinador é quem decide", explicou.

Para Léo Gamalho, a goleada sofrida pelo Bahia, por 4 a 1, diante do CSA, na última rodada da Copa do Nordeste, pode dificultar ainda mais as coisas no próximo confronto. "Não ilude. Agora eles vão jogar em casa mais pressionados. A torcida não vai querer perder de novo".

A expectativa para a estreia é grande. "A cada dia vamos pegando mais confiança. Quero ajudar o Santa Cruz a ganhar títulos. Sabemos que a Copa do Nordeste tem dificuldades minuto a minuto", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.