Tamanho do texto

Cartola foi reeleito nesta segunda-feira e já costura candidatura na CBF para assumir cargo de Marin

Sem concorrentes, Marco Polo Del Nero foi reeleito presidente da FPF (Federação Paulista de Futebol). No cargo desde 2003, o cartola permanecerá até 2018, mas dificilmente cumprirá o mandato, uma vez que já costura candidatar-se à presidência da CBF (Confederação Paulista de Futebol).

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Del Nero foi reeleito presidente da FPF
AE
Del Nero foi reeleito presidente da FPF

As eleições aconteceram na tarde desta segunda-feira, na sede da federação, na zona oeste de São Paulo. Durante o encontro, Del Nero garantiu-se no cargo por mais quatro anos. Ele está no comando da entidade há 11 anos, quando substituiu Eduardo José Farah, que estava há 15 no ofício. 

A reeleição faz parte da estratégia de Marco Polo Del Nero para se candidatar à presidência da entidade máxima do futebol brasileiro. O cartola já vem costurando a candidatura com visitas periódicas ao Rio de Janeiro, empréstimos aos clubes e conversas com patrocinadores para os Estaduais no país.

Del Nero é braço direito de José Maria Marin, atual presidente da CBF. Se assumir a confederação em abril, a FPF será comandada por Reinaldo Carneiro Bastos, atual vice-presidente.

Alvo de investigações

Em 2012, Marco Polo Del Nero foi alvo de investigações da Polícia Federal. Na época, o superintendente Roberto Trocon Filho afirmou que os procedimentos da Operação Durkheim não tinha relação com o futebol.

Momentos depois, o dirigente alegou que contratou uma prestadora de serviço - empresa de detetives particulares -, mas a dispensou assim que foram oferecidos relatórios que extrapolavam a legalidade.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.