Tamanho do texto

Henrique atingiu o atacante com o cotovelo, acertando-o na costela. Diogo foi atendido pelos médicos e não deve ser desfalque para o Paulistão

Valdivia foi a novidade nos trabalhos com bola com o elenco no treino da tarde desta segunda-feira, mas a atividade na Academia de Futebol não teve só boas notícias. Durante disputa pelo alto, Diogo acabou atingido acidentalmente por Henrique e saiu mais cedo.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Em atividade de prática de cruzamentos, o atacante subiu com o capitão e o cotovelo do camisa 3 acertou uma costela do colega. Diogo ficou no chão reclamando de dores e foi atendido rapidamente pelo médico Otávio Vilhena. O reforço ficou ainda um tempo sentado antes de seguir para as dependências internas do centro de treinamento.

Em 2013, Henrique gerou um desfalque importante por entrada em treino, quando deu um carrinho que machucou Valdivia ainda durante a pré-temporada. Tanto no ano passado quanto nesta segunda-feira, contudo, os lances foram acidentais.

Diferentemente do que ocorreu com o chileno em 2013, Diogo não deve ser desfalque. A expectativa é que o jogador se recupere das dores a tempo de enfrentar o Comercial nesta quinta-feira, em Ribeirão Preto, pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Valdivia treinou nesta segunda-feira e deve participar de jogo-treino nesta terça, mas não será nem relacionado para a próxima partida. O jogador mantém um esquema especial de fortalecimento muscular e deve estrear na temporada somente no domingo na visita do time ao Atlético Sorocaba, no domingo.

Mendieta e Eguren, que estavam sendo poupados, trabalham normalmente com bola desde a manhã desta segunda-feira. É possível que estejam, ao menos, no banco de reservas nesta quinta-feira em Ribeirão Preto.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.