Tamanho do texto

A ideia dos diretores é acrescentar uma cobertura e ampliar a capacidade máxima em seis mil lugares

Enfrentando diversas acusações de desvio de recursos, especialmente no caso da transferência de Neymar , o Barcelona desistiu do plano de construir um novo estádio, em substituição ao Camp Nou. Diretores informaram à Câmara de Barcelona nesta segunda-feira que irão apenas reformar o atual, alegando "questões financeiras".

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Camp Nou, casa do Barcelona
Getty Images
Camp Nou, casa do Barcelona


Nos últimos meses, a diretoria ventilou a possibilidade de construir uma nova arena em terrenos da Universidade de Barcelona. Outra opção seria a demolição completa do Camp Nou e a construção de um estádio completamente novo.

Leia também: Valores "escondidos" na transação fariam de Neymar o mais caro da história

Agora, o Barça decidiu apenas remodelar a tradicional arena, construída em 1957. A ideia dos diretores é acrescentar uma cobertura, que o estádio não tem, e ainda ampliar a capacidade máxima em aproximadamente seis mil lugares. Atualmente, o Camp Nou tem capacidade para receber pouco mais de 99 mil pessoas.

De acordo com o próprio clube, a decisão garante uma economia de 300 milhões de euros (R$ 957 milhões) aos cofres do Barça, mesmo preço estimado da remodelação. Um novo estádio custaria aproximadamente o dobro deste valor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.