Tamanho do texto

Depois de se aposentar dos gramados, Seedorf faz sua estreia pelo Milan diante do Hellas Verona, neste domingo

Com passagens pelo Atlético-MG, Grêmio e Botafogo, Rafael Marques atua no Hellas Verona
Bruno Cantini / Divulgação
Com passagens pelo Atlético-MG, Grêmio e Botafogo, Rafael Marques atua no Hellas Verona

Após anunciar a sua aposentadoria como jogador de futebol e se transferir do Botafogo para assumir o comando técnico do Milan, Clarence Seedorf estreia à frente do banco de reservas rossonero neste domingo, diante do Hellas Verona, pela 20ª rodada do Campeonato Italiano. Do outro lado do campo, estará um outro velho conhecido da torcida botafoguense: o zagueiro Rafael Marques. E ele externou o desejo de estragar a primeira partida do holandês no comando da equipe italiana.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Espero que possamos levar a melhor e botar água no chope na estreia do Seedorf. Será um jogo muito difícil. Vamos estar fora de casa, e a torcida do Milan está muito empolgada com a volta do Seedorf", explicou o defensor, que foi campeão carioca com o Glorioso em 2006 e se despediu do futebol brasileiro no meio do ano passado, após a conquista da Copa Libertadores da América com o Atlético-MG.

Agora no Hellas Verona, Rafael Marques está longe de ter o mesmo sucesso de outrora, mas vive um momento tranquilo. Recém-promovido de volta à primeira divisão italiana, os Butei ocupam a sexta colocação do Calcio , a apenas dez pontos da zona de classificação para a Liga dos Campeões da Europa.

O Milan, por sua vez, é o 11ª posicionado e se encontra a somente seis tentos da zona de rebaixamento. "Tentaremos jogar no contra-ataque, explorando os espaços. Estamos acima deles na tabela, mas não é normal vermos o Milan longe das primeiras colocações. Eles estão mordidos para mudar essa situação", acrescentou Rafael Marques.

Para finalizar, o defensor brasileiro ressaltou a dificuldade em marcar um ataque formado por jogadores como os brasileiros Kaká e Robinho. "Kaká e Robinho são excelentes, de nível de Seleção Brasileira. São muito rápidos e inteligentes, não podemos dar espaços. Nossa tática para dificultá-los será marcar em cima, tentando impedir que eles recebam a bola e tenham tempo para definir a jogada. Temos que estar concentrados o tempo todo", decretou.

Milan e Hellas Verona se enfrentam neste domingo, às 17h45 (de Brasília), no estádio San Siro, em confronto válido pela 20ª rodada do Campeonato Italiano. Esta será a primeira partida de Clarence Seedorf como novo treinador da equipe rossonera. O ex-jogador deixou o Botafogo no meio da semana passada, acertou com o time italiano e, no que depender de Rafael Marques, não estreará com um triunfo.