Tamanho do texto

Como Copa do Brasil será decidida somente no fim do ano, Estadual será principal competição do semestre

Paulistão terá novo formato a partir de 2014
Futura Press
Paulistão terá novo formato a partir de 2014

O Campeonato Paulista de 2014 começará a ser disputado neste sábado com um status que há muitos anos não se via: o de principal competição do primeiro semestre. Como os times de São Paulo estão fora da Libertadores nesta temporada, quem quiser levantar uma taça deverá dar prioridade total para o Estadual, o que não ocorria desde a década de 1990.

Até hoje o Paulistão é considerado o principal torneio regional do Brasil, mas está longe de ter o glamour de outras épocas. Antigamente, uma conquista estadual tinha tanto valor para as equipes como um título nacional. Isso começou a mudar há pouco mais de 20 anos, quando o São Paulo venceu duas vezes a Libertadores e os times passaram a priorizar mais esta disputa.

Quem você acha que vai conquistar o Paulistão 2014? Deixe seu comentário

No início da década passada, com a substituição do mata-mata pelos pontos corridos no Brasileirão, o Estadual passou a ser um peso nas vidas dos clubes, mesmo que os dirigentes não admitam.

“Tratando-se de Corinthians , a gente sempre deu a devida importância para todas as competições. Pela grandeza do clube, independentemente da competição, tem de entrar da melhor maneira possível. O Paulistão eu considero o regional mais competitivo do Brasil, com grandes clubes, tantos os maiores e os do interior”, afirmou Edu Gaspar, gerente de futebol corintiano.

Jogadores do Corinthians levantam a taça após a conquista do Paulistão 2013 diante do Santos
Djalma Vassão/Gazeta Press
Jogadores do Corinthians levantam a taça após a conquista do Paulistão 2013 diante do Santos

Não se nega, porém, que ser a única possibilidade de título dos times neste primeiro semestre dará uma valorizada na edição 2014 do Paulistão.

“Mas haverá outros atrativos também. Em um ano de Copa do Mundo, os jogadores entrarão em campo com garra e determinação para conseguirem também uma vaga em suas seleções. Será um campeonato especial para o Palmeiras , pois acabamos de voltar para a Série A do Brasileiro e estamos com um grupo mais competitivo”, disse José Carlos Brunoro, diretor executivo palmeirense.

De fato, dos grandes, o Palmeiras foi o clube que mais se reforçou para esta temporada. Até aqui, foram oito contratações, incluindo o medalhão Lúcio, campeão do mundo com a seleção brasileira em 2002 e que tenta dar a volta por cima depois de um 2013 para se esquecer com o São Paulo .

França, Victorino e Lúcio: Palmeiras foi o grande que mais comprou
Reprodução
França, Victorino e Lúcio: Palmeiras foi o grande que mais comprou

O Santos , se não foi tanto ao mercado quanto o Palmeiras, trouxe o principal reforço para 2014. A equipe, que conquistou o tricampeonato entre 2010 e 2012, aposta suas fichas na chegada de Leandro Damião, ex-Internacional, para voltar a levantar o troféu.

"Para o Santos, todo campeonato é importante, o time sempre entra em campo para vencer e com o Paulista não é diferente. A grande prova disso é que nos últimos cinco anos estivemos em todas as finais, com a conquista de um tricampeonato. É uma competição difícil e bem disputada, mas o Santos continuará trabalhando para fazer um grande campeonato e dar o pontapé inicial para um ano de muitas conquistas", respondeu o presidente em exercício Odílio Rodrigues.

Já o São Paulo tem um motivo à parte para valorizar o Paulistão como nunca. Entre os grandes do Estado, ostenta o maior jejum de conquistas: já são oito anos sem levantar o troféu. Mas este fato não parece animar a diretoria a investir. Apenas o lateral-direito Luis Ricardo, ex-Portuguesa, foi contratado.

“Como o primeiro semestre será pouco movimentado, só com Campeonato Paulista e Copa do Brasil, existe um tempo maior para a gente se reforçar”, explicou o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

O presidente Juvenal Juvêncio pretende insistir na revelação de jovens atletas a partir do CT de Cotia, sua maior obra no comando tricolor: “Cotia é uma dádiva divina. Vocês vão ver esses moleques jogando este ano, é uma barbaridade. Temos muito talento e todos vão ver isso desta vez. O nosso futuro é brilhante. O nosso futuro é o presente”, falou.

DIsputado em forma de pontos corridos desde 2005, o Paulistão terá um formato inédito neste ano. Os times foram divididos em quatro grupos com cinco integrantes em cada. As equipes enfrentarão em turno único somente os adversários de outras chaves. Os dois melhores de cada vão às quartas de final.

Leandro Damião posa com a camisa do Santos, em sua apresentação como reforço da equipe
Ricardo Saibun/ Gazeta Press
Leandro Damião posa com a camisa do Santos, em sua apresentação como reforço da equipe

Confira os jogos da primeira rodada do Paulistão 2014:

Sábado (18/01)
Paulista x Audax - 17h
Palmeiras x Linense - 17h
Santos x XV de Piracicaba - 19h30
São Bernardo x Botafogo-SP - 19h30
Rio Claro x Atlético Sorocaba 19h30
Mogi Mirim x Comercial - 21h

Domingo (19/01)
Portuguesa x Corinthians - 17h
Bragantino x São Paulo - 17h
Ponte Preta x Ituano - 19h30
Oeste x Penapolense - 19h30

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.