Tamanho do texto

Maxi e Emanuel Biancucchi não participaram do jogo-treino, mas fizeram trabalho voltado a finalizações

Na tarde desta terça-feira, no Fazendão, o Bahia fez partida amistosa contra o Leônico, equipe que disputa a segunda divisão estadual. Com o esquema montado pelo técnico Marquinhos Santos, os atacantes Branquinho, Hugo e Rhayner compuseram o setor ofensivo tricolor e o resultado foi a vitória por 1 a 0, com gol de Anderson Talisca na primeira etapa.

Assim como havia prometido ao chegar ao clube, Marquinhos Santos deve mesmo apostar na ofensividade nesta temporada. No esquema 4-3-3, o time foi a campo com Marcelo Lomba; Galhardo, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Rafael Miranda, Diego Felipe e Anderson Talisca; Branquinho, Hugo e Rhayner.

No primeiro tempo do jogo-treino, Talisca aproveitou cruzamento de Raul para cabecear e marcar o único gol da partida. O placar mínimo se deu por conta de três boas oportunidades desperdiçadas por Hugo durante todo o duelo.

Após o intervalo, Marquinhos Santos optou por mudar praticamente toda a equipe e ajustar o esquema para o 4-4-2. Apenas o autor do gol tricolor permaneceu em campo e a escalação usada na etapa final foi composta por Douglas Pires, Madson, Demerson, Anderson Conceição e Guilherme Santos; Fahel, Anderson Melo, Ítalo Melo e Talisca; Rafinha e Rafael.

Nesta quarta-feira, o elenco trabalha em dois períodos visando a estreia na temporada, que será contra o CSA, fora de casa, pela primeira rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste.

Irmãos Biancucchi treinam com bola

Maxi e Emanuel não participaram do jogo-treino, mas fizeram trabalho voltado a finalizações, além de completar a tarde com treino físico. Além deles, Hélder e Jonathan Reis fizeram musculação junto de Wilson Pittoni, reforço que será apresentado nesta quarta-feira.

Wangler é desfalque

Nesta terça-feira, durante treinamento realizado no Fazendão, o meia Wangler sofreu estiramento muscular na coxa e deve desfalcar o Bahia por 15 dias, voltando a atuar apenas no começo de fevereiro e perdendo, assim, quatro jogos pela Copa do Nordeste.

Caso a previsão do departamento médico se confirme, o meio-campista perderia os quatro primeiros jogos do Bahia no ano, que valem pelas primeiras rodadas do Nordestão. Assim, Wangler só voltaria a estar à disposição do técnico Marquinhos Santos contra o Santa Cruz, no próximo dia 02.

Assim, o meia deve perder a estreia do Tricolor na competição, que é contra o CSA, fora de casa, às 17 horas deste domingo. No primeiro duelo contra o Santa Cruz e nas duas partidas contra o Vitória da Conquista, o Bahia também não deve ter Wangler em campo.

Contratado em setembro do último ano para a disputa da reta final do Campeonato Brasileiro, o jogador de 21 anos tem vínculo por empréstimo com o clube até o final do campeonato estadual, mas pertence ao Grêmio. No último Brasileirão, Wangler entrou em campo em cinco partidas.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.