Tamanho do texto

Atacante foi referência na boa campanha na Série B e promete empenho por melhores resultados em 2014

Alan Kardec está confiante para 2014
Luís Moura/Gazeta Press
Alan Kardec está confiante para 2014

O atacante Alan Kardec chegou ao Palmeiras em julho do ano passado e logo conquistou a confiança da torcida, com 14 gols pelo clube. Apesar de ser titular absoluto na equipe de Gilson Kleina, o jogador alega que não se sente dono do posto e afirma que precisa provar novamente em 2014.

Deixe seu comentário para a notícia

"Nunca me senti à vontade, sempre vou trabalhar cada dia mais. Eu me sinto incomodado, porque com os jogadores de qualidade você vai ter que trabalhar mais, nunca vou relaxar. A briga vai ser boa e sadia, em um grupo tranquilo, com uma amizade muito boa. O que acontecer vai ser de melhor para o Palmeiras", afirmou.

Como tem contrato apenas até o meio do ano, já que está emprestado pelo Benfica, o atacante prefere não estipular uma meta de gols para a temporada, manifestando desejo de renovar seu vínculo.

"Não penso em um número exato (de gols), porque meu contrato vai até o meio do ano e tenho vontade de estendê-lo. Vamos com uma coisa de cada vez. O que fiz no ano passado ajudou, mas tenho de pensar agora do zero, com força total para fazer novas coisas boas também", acrescentou.

Neste ano, além da manutenção de seu parceiro Leandro, Kardec também ganhou a concorrência de Diogo, com quem jogou na época do Santos. "Já tinha atuado com ele em outra equipe e tudo que chega é para somar", completou.

Guerrero disse que Corinthians tem time melhor que os rivais paulistas
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Guerrero disse que Corinthians tem time melhor que os rivais paulistas

Kardec rebate Guerrero
O atacante Alan Kardec não concordou com a declaração do rival Paolo Guerrero, que considera o Corinthians "muito mais forte" do que os rivais paulistas e no topo do Brasil. O palmeirense evitou fazer muitos elogios ao seu próprio time, mas avalia que os grandes clubes começam o Paulistão em equilíbrio e só em campo será possível saber quem é melhor.

"Não penso assim (sobre Corinthians ser melhor). Confio no meu grupo, mas não vou dizer se somos os melhores ou não. As partidas é que vão dizer. Não adianta falar alguma coisa e não corresponder. Temos de manter pés no chão e espírito guerreiro, para fazermos o melhor", afirmou.

Na terça-feira, Guerrero manifestou também convicção em manter a sequência positiva contra rivais, já que o Alvinegro não foi derrotado em clássicos no ano passado: contra São Paulo (três vitórias corintianas e três empates), Santos (um triunfo e quatro empates) e Palmeiras (um empate).

No entanto, Alan Kardec não se intimida com o retrospecto do adversário e tem confiança. "Sempre tem um equilíbrio. Muitas pessoas sabem que não tem favorito em clássico. Cada um tem seu pensamento, não vou mudar e nem fazer comparações, porque trabalho pensando na minha equipe. Temos de ver em campo, pois os clássicos são nivelados", comentou.

O confronto entre Palmeiras e Corinthians está agendado para a oitava rodada, no dia 16 de fevereiro, no estádio do Pacaembu, com mando alvinegro. Já a estreia do Verdão no Estadual será neste sábado, contra o Linense.