Tamanho do texto

Possibilidade de escalar cinco jogadores estrangeiros por jogo no Brasil faz clubes se lançarem no mercado

Alán Ruiz é o quinto estrangeiro do Grêmio
Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Alán Ruiz é o quinto estrangeiro do Grêmio

A maioria dos clubes da Série A do Campeonato Brasileiro já contratou ao menos um jogador estrangeiro para reforçar seu elenco na temporada de 2014. Essa realidade é reflexo direto da nova regra estabelecida pela CBF para os clubes do país. Até 2013, cada time poderia escalar apenas três "gringos" por partida. A partir desta temporada serão permitidos cinco.

Deixe seu comentário para a notícia

"O mercado brasileiro é valorizado na comparação com os vizinhos e por isso atrai bastante esses jogadores. Essa nova regra da CBF permite que os clubes procurem mais atletas estrangeiros. Essa é uma tendência clara", disse o especialista em gestão esportiva, Amir Somoggi. 

O Grêmio foi quem iniciou o movimento com outros clubes para convencer a CBF a mudar a regra. José Maria Marin aceitou a proposta prontamente. Como a maioria dos clubes da Série A manifestou apoio à proposta e eles votarão na eleição de abril para presidente da entidade, Marin fez questão de autorizar o agrado.

Leia também: CBF amplia limite de número de estrangeiros

O time gaúcho, inclusive, completou a cota dos cinco estrangeiros neste mês. Contratou o meia argentino Alán Ruiz, de 20 anos. Ele se junta ao uruguaio Maxi Rodríguez, ao paraguaio Cristian Riveros e aos outros argentinos do grupo, o atacante Hernán Barcos e o zagueiro Robertino Canavesio. O Brasil paga salários mais altos que os dos campeonatos vizinhos e acaba naturalmente atraindo mais jogadores sul-americanos.

"Essa medida da CBF abre uma possibilidade muito interessante em um mercado no qual nós atuamos há algum tempo. É importante pela abertura de mercado. O nosso departamento de futebol desde o início levantou essa bandeira", disse o diretor de futebol do Grêmio, Rui Costa.

Ainda que os clubes estejam buscando mais reforços estrangeiros, a busca tem sido por atletas sem contrato ou que cheguem sem a necessidade de pagamento de grandes quantias. O dólar alto tem freado os clubes a gastar grandes quantias para contratar lá fora. 

Mercado da bola: veja o entra e sai de atleta e os boatos que envolvem seu clube

Até o fechamento desta reportagem, 12 times que jogaram a Série A em 2013 já haviam confirmado reforços estrangeiros para 2014. O Bahia contratou três:. Os argentinos Emanuel e Maxi Biancucchi e o paraguaio Wilson Pittoni. 

O Olimpia, vice campeão da Libertadores, cedeu quatro jogadores que atuaram na final contra o Atlético-MG para clubes brasileiros. O goleiro Martin Silva e o volante Aranda acertaram com o Vasco, o meia Pittoni com o Bahia e atacante Ferreyra com o Botafogo.

Veja os reforços estrangeiros já confirmados por grandes clubes
Atlético-PR - Lucas Olaza (URU)
Bahia - Maxi Biancucchi e Emanuel Biancucchi (ARG) e Wilson Pittoni (PAR)
Botafogo - Mario Bolatti e Juan Ferreyra (ARG)
Criciúma - Sergio Escudero (ARG)
Cruzeiro - Marcelo Moreno (BOL) e MIguel Samudio (PAR)
Flamengo - Frickson Erazo (EQU)
Fluminense - Dario Conca (FLU)
Grêmio - Alán Ruiz (ARG)
Internacional - Charles Aranguiz (CHI)
Palmeiras - Mauricio Victorino (URU)
Sport - Robert Flores (URU)
Vasco - Martin Silva (URU) e Eduardo Aranda (PAR)
Vitória - Jonathan Ferrari (ARG) 

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.