Tamanho do texto

Holandês de 37 anos deixou o clube carioca e será técnico do Milan já nesta temporada

Clarence Seedorf anunciou o fim da sua carreira como jogador nesta terça-feira. Ao lado do presidente do Botafogo , Mauricio Assumpção, o holandês de 37 anos disse que vai interromper sua trajetória no clube, onde chegou em julho de 2012. A partir de agora ele será técnico do Milan. 

Deixe seu comentário para esta notícia

"Depois de 22 anos de carreira decidi encerrar minha carreira", disse Seedorf. "Quero anunciar que vou parar de jogar. Foi uma noite difícil, mas estou muito satisfeito com o que fiz na minha carreira. Estou muito satisfeito com o que fiz no Botafogo. Ajudar a voltar à Libertadores depois de 17 anos. Carioca também foi muito importante", disse Seedorf, que assinou com o Milan por dois anos e meio.

Seedorf se despediu do Botafogo nesta terça-feira
Divulgação
Seedorf se despediu do Botafogo nesta terça-feira


"Conseguimos uma vaga na Libertadores que o clube, a torcida e esses jogadores merecem. Gostaria de agradecer todas as pessoas que foram importantes para os meus primeiros meses no Brasil e todo o relacionamento dentro do clube foi fantástico. Primeiramente, agradeço ao professor Oswaldo de Oliveira. Desejo a ele muita sorte na carreira e que ele possa ser feliz com a família", comentou o agora ex-jogador.

Seedorf já viaja para a Itália nesta quarta-feira para ser apresentado como técnico do Milan. "Vamos nos reencontrar. Esse um ano e meio me fez crescer muito e vai me ajudar a dar o meu próximo passo na carreira que é ser treinador do Milan", disse Seedorf.

Homenagem feita pelo Botafogo a Seedorf em seu site
Flickr/Botafogo F.R.
Homenagem feita pelo Botafogo a Seedorf em seu site

Assumpção fez um discurso emocionado e entregou um quadro de presente para o jogador com sua foto com a camisa do Botafogo e as palavras Obrigado e "Buona Fortuna" (boa sorte, em italiano.

"É muito claro e evidente que no Botafogo, neste momento, existe um momento de tristeza. É óbvio que nós botafoguenses e eu, como presidente, fico triste. Numa Libertadores o Seedorf seria muito importante. Mas ao mesmo tempo eu tenho um orgulho muito grande. Neste momento o Botafogo passa a fazer parte da história de Clarence Seedorf, e Seedorf fazer parte da história do Botafogo", disse Assumpção. 

"Há dois anos, quando eu estive em Milão, as pessoas não acreditavam que seria possível (trazer Seedorf) e isso se tornou realidade. Você foi muito importante para nós. Falar das suas qualidades técnicas, da figura homem, serei repetitivo. Você foi muito importante para o engrandecimento do clube, e ainda mais para o projeto principal que é a divisão de base", disse o presidente botafoguense.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.