Tamanho do texto

Novo técnico deixou Cícero como volante, ao lado de Arouca e colocou Gabriel como titular no ataque

Oswaldo de Oliveira, técnico do Santos
Ricardo Saibun/ Gazeta Press
Oswaldo de Oliveira, técnico do Santos

Recém chegado ao Santos , o técnico Oswaldo de Oliveira já começa a esboçar o time paulista para a temporada de 2014. Na manhã desta terça-feira, o comandante formatou o Alvinegro praiano no 4-3-3, posicionando Cícero como um volante, ao lado de Arouca, e mantendo o jovem Geuvânio no setor ofensivo. Além do mais, o treinador escolheu Jubal, cria da base do clube, para substituir o veterano Edu Dracena, que terá de passar por uma cirurgia no joelho. Por sua vez, o centroavante Leandro Damião, atleta mais caro das transferências envolvendo clubes brasileiros, ficou no grupo dos reservas, vendo Gabriel, ser o dono da referência do ataque principal.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Oswaldo promoveu um jogo-treino entre titulares e reservas. A equipe principal foi composta por Aranha; Cicinho, Gustavo Henrique, Jubal e Eugênio Mena; Arouca, Cícero e Montillo; Geuvânio, Thiago Ribeiro e Gabigol. Os suplentes, formatados no 4-4-2, foram a campo com Gabriel Gasparotto; Bruno Peres, Misael, Neto e Émerson Palmieri; Leandrinho, Thiago Maia, Pedro Castro e Léo Cittadini; Victor Andrade e Leandro Damião.

O duelo, que terminou de maneira disputada e sem gols, não contou com Alison e Alan Santos. Os jovens volantes se recuperam de lesão e são dúvidas para a estreia do Peixe no Campeonato Paulista, neste sábado, diante do XV de Piracicaba. O duelo será às 19h30 (de Brasília), no estádio da Vila Belmiro.

Antes de medir forças com o Nhô Quim, o Santos enfrentará o Juventus-SP, nesta quarta-feira, em jogo-treino, disputado no CT Rei Pelé.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.