Tamanho do texto

Os dois gols da equipe da capital espanhola saíram em bolas aéreas, ambos de cabeça

Vice-líder do Campeonato Espanhol (empatado em pontos com o Barcelona), o Atlético de Madri jogou nesta terça-feira pela Copa do Rei. Na partida de volta das quartas de final da competição, disputada no Vicente Calderón, a equipe comandada pelo argentino Diego Simeone venceu o Valencia por 2 a 0.

Diego Costa arrisca uma bicicleta na vitória do Atlético de Madri sobre o Valencia
Getty Images
Diego Costa arrisca uma bicicleta na vitória do Atlético de Madri sobre o Valencia

O gol que encaminhou a classificação foi marcado aos seis minutos da segunda etapa, pelo zagueiro Godín. Após Gabi cobrar escanteio, o uruguaio se aproveitou de falha do goleiro Guaita, ganhou a disputa com Barragán pelo alto e cabeceou para o fundo das redes.

Também pelo alto saiu o segundo gol, e novamente dos pés de Gabi, que cobrou outro escanteio na cabeça de Raúl García aos 44. O meia espanhol testou com precisão para o gol, sem chances para Guaita.

Já nos acréscimos, o volante Parejo, do Valencia, foi punido com o segundo cartão amarelo e expulso pelo árbitro Estrada Fernández.

Classificado para a semifinal da Copa do Rei, o Atlético de Madri volta a campo no próximo sábado, quando recebe o Sevilla pelo Campeonato Espanhol. O eliminado Valencia, que ocupa a oitava posição na liga nacional, visita o Málaga no mesmo dia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.