Tamanho do texto

Jogadores foram apresentados nesta segunda-feira e disputam vaga na defesa e lateral esquerda, respectivamente

O Palmeiras apresentou nesta segunda-feira mais dois reforços para a temporada. O zagueiro Victorino e o lateral-esquerdo William Matheus vestiram a camisa alviverde, na concentração do time em Itu. A dupla mostrou cautela ao falar sobre a luta por posições no Palmeiras, já que nenhum deles chega ao clube com o status de titular absoluto.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

O uruguaio, que foi emprestado pelo Cruzeiro até o fim deste ano, não atua desde outubro de 2012, quando sofreu uma lesão no tendão de aquiles, e demonstrou cuidado ao falar sobre sua luta para tentar desbancar a dupla principal de zagueiros, formada por Henrique e Lúcio.

"Se tiver a chance de jogar, vou dar meu melhor. O ano passado foi muito difícil para mim por causa da lesão grave. Demorei a operar, mas voltei pronto para jogar e fiquei no banco. Estou muito animado e feliz por estar aqui. Se tiver a chance de jogar, espero honrar a camisa, ajudar companheiros e conseguir títulos", afirmou.

Victorino chega ao Palmeiras envolvido na negociação que manteve Luan no Cruzeiro. A apresentação do uruguaio e do lateral esquerdo estava programada para 15h30 (de Brasília), mas teve um atraso de 1h30 nesta segunda por conta de uma confusão de agenda do presidente Paulo Nobre, que foi o responsável por entregar a camisa do Palmeiras à dupla e ainda fazer o pedido para que ambos honrem o uniforme.

Enquanto Victorino aparece em desvantagem na briga por posição no time de Gilson Kleina, William Matheus foi contratado até 2017 para disputar espaço com Juninho, que é criticado pela torcida. No entanto, o ex-jogador do Goiás mantém a cautela ao falar sobre o concorrente do setor.

"Quando recebi este convite, eu já sabia que o Juninho está aqui, pois é meu amigo, jogamos juntos nas categorias de base. É excelente jogador e pessoa. Vim para cá querendo aparecer e jogar, mas sei que tem aqui um lateral de qualidade. A disputa vai ser boa e quem tem a ganhar é o Palmeiras. Espero ter oportunidade e agarrar da melhor maneira", comentou.

Depois da apresentação, os dois fizeram uma atividade na sala de musculação, enquanto Gilson Kleina comandou um coletivo no gramado.