Tamanho do texto

O técnico mais uma vez experimentou o volante Lucas Zen como zagueiro, ao lado de Dão

Um dia depois do primeiro coletivo do ano no Vitória, veio o segundo. A novidade esteve na grande movimentação proporcionada pela atividade deste domingo, que teve 12 gols em 45 minutos.

Técnico Ney Franco durante treino do Vitória
Site oficial
Técnico Ney Franco durante treino do Vitória

Ney Franco mais uma vez experimentou o volante Lucas Zen como zagueiro, ao lado de Dão. O lateral esquerdo Juan também foi improvisado na meia.

O time vencedor começou o coletivo com a seguinte formação: Wilson; Ayrton, Lucas Zen, Dão e Mansur; Cáceres, Escudero e Juan; Marquinhos, Pedro Oldoni e William. Marquinhos e Cáceres, duas vezes, Juan, Pedro Oldoni, William e Alan Pinheiro, seu substituto, marcaram os gols da equipe.

Do outro lado, a escalação foi: Gustavo, Matheus Prank (sub-20), Matheus Salustiano, Gabriel Soares e Danilo Tarracha; Mauri (Leilson), Arthur Maia, Felipe e Euller; Willie (Pedro Oldoni) e Alan Pinheiro (William Henrique).

Neto Coruja e Dinei fizeram um trabalho à parte, assim como o lateral direito Nino. Marcelo e Mineiro, fizeram exercício de recuperação, pois ainda tratam de contusões.

O Vitória volta a treinar nesta segunda-feira, no CT do Manoel Pontes Tanajura, a partir das 10 horas (horário de Brasília).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.