Tamanho do texto

Cristiano Ronaldo diz que resolveu desavença com Blatter e comenta o prêmio de melhor do mundo do ano

O prêmio Bola de Ouro da Fifa será entregue nesta tarde e o português Cristiano Ronaldo é um dos favoritos na disputa. Em entrevista coletiva antes da cerimônia, o jogador do Real Madrid disse que já está feliz por ser finalista e ainda afirmou que resolveu a desavença com Joseph Blatter, presidente da Fifa.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"Estou feliz apenas por estar no pódio", disse o atacante do Real na entrevista desta segunda, ao lado de Messi e do francês Franck Ribéry, os outros candidatos ao prêmio de 2013. "Se eu vencer, perfeito. Se não, então a vida segue normalmente, tentando levar mais sucesso ao Real."

Leia também: Favorito à Bola de Ouro, Cristiano Ronaldo tem o francês Ribéry como ameaça real

Cristiano Ronaldo falou ainda que conversou com Blatter antes do prêmio para solucionar qualquer rusga entre eles. "O assunto está no passado. Conversamos por telefone para esclarecer tudo que precisava ser esclarecido."

A desavença com o dirigente surgiu em outubro quando Blatter, durante um discurso na Oxford University Union, na Inglaterra, disse que Ronaldo parecia um "comandante" no campo de jogo. O chefe da Fifa então levantou da cadeira e caminhou pelo palco em estilo militar, numa aparente imitação do jogador.

E ainda: Lesões atrapalham, e Messi deve perder seu reinado na Bola de Ouro da Fifa

Blatter também disse que Ronaldo tinha "mais despesas com o cabelereiro do que Lionel Messi", o que gerou reações firmes de Ronaldo e do Real Madrid. O presidente da Fifa depois desculpou-se, dizendo que não teve a intenção de ofender.

Ronaldo ganhou a Bola de Ouro de 2008, mas desde então foi desbancado por Messi na premiação nos quatro anos seguintes.

*com Reuters

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.