Tamanho do texto

Jogador se reapresentou, mas depois não foi visto mais no clube e passou por exames médicos no Gamba Osaka

Lins, atacante do Criciúma, passou por exames em clube do Japão
Divulgação
Lins, atacante do Criciúma, passou por exames em clube do Japão

Na manhã desta sexta-feira, o Gamba Osaka, do Japão, anunciou a contratação do atacante Lins, destaque do Criciúma na última temporada. O clube anunciou que o atleta foi liberado para realizar exames médicos fora do país, apesar de ainda não ter confirmado a transferência.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Lins tem contrato o fim de maio, e o clube chegou a tentar renovar o vínculo, mas não houve acerto. Na terça-feira, o artilheiro do time em 2013 participou da reapresentação do elenco, mas, de lá para cá, não foi mais visto nos treinos, já que fazia exames e avaliações. Agora, Lins deve voltar a fazer exames, mas do outro lado do mundo.

O Criciúma deve receber alguma compensação financeira para liberar o jogador e está de mãos atadas nesta situação. Caso rejeite a proposta do Gamba Osaka, o clube até mantém Lins no elenco por mais alguns meses, mas após o fim do vínculo não receberia nada pela saída do jogador. Liberando a negociação com a equipe japonesa, o Criciúma pelo menos recebe quantia em dinheiro.

Contratado em 2010, Lins conquistou dois acessos no na equipe. Em seu primeiro ano, ajudou o Tigre a subir para a Série B do Campeonato Brasileiro e, na sequência, foi emprestado para Grêmio, ABC e Itumbiara. Em 2012, Lins voltou ao Criciúma para contribuir na campanha da segunda divisão nacional que rendeu ao time uma vaga na elite.

No último ano, Lins viveu seus melhores meses como jogador de futebol, se destacando na campanha vitoriosa do Campeonato Catarinense e no Campeonato Brasileiro, no qual foi essencial para a manutenção do time na primeira divisão. Na temporada, o atacante marcou 24 gols em 56 partidas e ganhou o carinho do torcedor carvoeiro.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.