Tamanho do texto

Futuro estádio do Palmeiras está cobertura termoacústica para evitar ruídos e excesso de calor durante os eventos

Allianz Parque ganha cobertura
Thiago Fatichi/ Divulgação
Allianz Parque ganha cobertura

O Allianz Parque recebeu na última semana a última placa que faltava para a cobertura do futuro estádio do Palmeiras. Com função termoacústica, a cobertura possui 23 mil metros quadrados e foi projetada para atingir a totalidade dos assentos.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

De acordo com a construtora WTorre, responsável pelas obras da Arena, a engenharia é algo inédito no Brasil, uma vez que a estrutura não é fixada em nenhum ponto externo do estádio. Ela ainda garante temperatura agradável ao público, além de reduzir os ruídos da área externa.

A maior parte da cobertura detém 17 mil metros quadrados e três camadas principais compostas por telha inferior de aço galvanizado, lã de rocha e, por fim, aço galvanizado zipado (sem emenda).

A estrutura do Allianz Parque e 70% da cobertura foram projetadas na cor branco, evitando assim a formação das ilhas de calor e reflexo do sol. O material foi produzido em Israel e é utilizado em arena como o Aviva Stadium, de Dublin, e o Eithad Stadium, em Manchester.

O novo estádio do Palmeiras deve ser finalizado em junho deste ano e está com cerca de 70% das obras concluídas. 


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.