Tamanho do texto

Clube renovou com os jogadores importantes para a temporada e diminuiu o número de atletas na pré-temporada

Pedro Ken renovou com o Vasco por um ano
Flickr/Vasco da Gama
Pedro Ken renovou com o Vasco por um ano

Após renovar com o meia Dakson, o Vasco acertou a permanência de mais dois jogadores que terminaram a temporada passada como titulares. O atacante Edmílson e o volante Pedro Ken renovaram contrato por mais um ano. Com isso, o técnico Adílson Batista tem praticamente o elenco formado para a pré-temporada em Pinheiral, no interior fluminense.

Edmílson se destacou na parte final do Campeonato Brasileiro marcando gols em quase todos os jogos do Vasco. Já Pedro Ken viveu altos e baixos durante a temporada passada, mas terminou o ano como titular na equipe de Adílson Batista. O volante chegou a receber uma proposta de um time dos Emirados Árabes Unidos, mas preferiu permanecer no clube carioca.

Enquanto Edmílson já participa dos primeiros trabalhos do elenco, ainda em São Januário, Pedro Ken é esperado nesta quinta-feira para fazer exames médicos. Assim, falta somente a chegada do atacante Éverton Costa para o grupo cruzmaltino estar completo para a pré-temporada. O meia Juninho Pernambucano deve fazer parte da equipe durante o Campeonato Carioca, mas, como está se recuperando de lesão, ficará no Rio de Janeiro.

Clube faz corte em elenco da pré-temporada

Além de trabalhar em busca de reforços, a diretoria do Vasco trabalha para reduzir a folha salarial do clube. Por causa disso, alguns jogadores não vão fazer parte do elenco que realizará pré-temporada em Pinheiral, no interior do estado.

Os goleiros Alessandro e Michel Alves, os zagueiros Renato Silva e Rodolfo, o lateral direito Nei, e os volantes Wendel e Sandro Silva vão seguir treinando em São Januário até conseguirem se transferir para outros clubes. Desta forma, a saída desses atletas pode representar R$ 600 mil a mais nos cofres do clube a cada mês.

A saída desses jogadores vai representar uma economia grande para o Vasco na temporada. Antes mesmo da reapresentação, a diretoria já tinha conseguido um acordo para a rescisão de contrato com o lateral direito Fagner e o zagueiro Cris, que tinham salários considerados altos pelos vascaínos.

Segundo o diretor executivo Rodrigo Caetano, mesmo com estas dispensas, os dirigentes querem montar uma equipe forte para todas as competições que o Vasco for participar.

"O Vasco trabalha para montar a melhor equipe possível, independentemente de divisão que está. A dificuldade da diretoria sempre foi financeira. A gente vai tentar, com todas as alternativas possíveis, ter esse elenco forte", disse o diretor vascaíno.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.