Tamanho do texto

Odílio Rodrigues espera conversas do jogador com clubes europeus em janeiro para fechar um pré-contrato

O brasileiro Diego defende o Wolfsburg
Matthias Schrader/AP
O brasileiro Diego defende o Wolfsburg

Maior sonho do Santos para esta temporada, o meia Diego disse que ficará no Wolfsburg, da Alemanha, até junho. Tal informação foi confirmada pelo presidente em exercício do clube, Odílio Rodrigues, nesta quarta-feira. No entanto, ele afirmou que já acertou os valores para repatriar o jogador em julho. A vinda, no entanto, depende das negociações do atleta com o próprio clube alemão ou com outros clubes europeus até o fim de janeiro.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Com o Diego, nós tivemos uma conversa no Guarujá, no último dia em que ele esteve no Brasil antes de voltar para a Alemanha. O Santos apresentou uma proposta em termos de valores, o Diego aceitou, mas ele deixou a seguinte colocação: que deu ao Wolfsburg um prazo até janeiro para fazer uma proposta de renovação ou a algum clube da Europa. Se isso não acontecer, nós assinamos um pré-contrato e ele se apresenta em julho", declarou Odílio.

Mercado da bola: o vaivém de atletas e as negociações que envolvem seu clube

A contratação de Diego era pretendida pela diretoria santista já nesta janela de transferências, para que o meia atuasse pelo clube da Vila Belmiro desde o início do ano. Os salários, estimados em torno dos R$ 800 mil mensais, foram acertados com o Santos. Porém, o alto pedido das luvas - aproximadamente R$ 4 milhões - esfriou o negócio.

Presidente do Santos se impacienta e fixa prazo para contratar Vargas

Diego, então, decidiu por permanecer no Wolfsburg até o final de seu contrato - junho de 2014 - e só definir o seu futuro depois disto. No entanto, caso não acerte a sua renovação com o clube alemão ou a transferência para outra equipe da Europa até o fim de janeiro, já assinará um pré-contrato neste mês para voltar a vestir a camisa do Santos a partir de julho.

O atleta foi campeão brasileiro com o Santos em 2002 e, na atual temporada, entrou em campo em 13 das 17 partidas do Wolfsburg no Campeonato Alemão. Foi titular em todas elas e marcou, ao todo, três gols na competição. Clubes como o Atlético de Madrid, da Espanha, que já provou da categoria de Diego na conquista do título da Liga Europa em 2011/12, podem surgir como principais concorrentes do Peixe na tentativa de repatriar o camisa 10.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.