Tamanho do texto

Férias fizeram bem e zagueiro acredita em time mais competitivo depois de segundo semestre de 2013 ruim

Pouco a pouco, os jogadores do Corinthians passaram a admitir o óbvio, a acomodação exibida ao longo de um semestre bastante decepcionante. Agora, juram eles, o ânimo está de volta para a busca de novos objetivos em 2014. Gil, um dos poucos que não passaram os últimos meses em semifolga, já nota uma diferença.

Deixe seu comentário para a notícia

"O espírito está renovado. O segundo semestre não foi o que a gente esperava, mas a gente pôde descansar e renovou a energia para voltar com o pensamento totalmente diferente. Estamos com as atenções voltadas para fazer uma boa temporada", afirmou o zagueiro.

De acordo com ele, que atuou 70 vezes em 2013, o problema maior enfrentado pela equipe foi físico. "Foi um segundo semestre cansativo, até pelo que fizemos no primeiro. Mas deu para descansar. O grupo é unido, fechado e trabalhador. Temos de tudo para fazer uma excelente campanha e mostrar nosso valor."

Independentemente do motivo, o desempenho ruim no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil acabou custando o emprego de Tite. Agora, é Mano Menezes - chamado de "sargentão" por Paulo André, com quem já trabalhou no Parque São Jorge - que tem a missão de reacender o time.

"O Mano está chegando com uma nova filosofia para nos ajudar. É um excelente profissional, de Seleção Brasileira, as pessoas falam muito bem dele. O professor está chegando e vai conhecer bem a gente para que tenhamos uma grande temporada", apostou Gil.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.