Tamanho do texto

Ídolo do clube carioca, o meia argentino está de volta após passagem pelo futebol chinês

Ídolo do Fluminense , o argentino Darío Conca foi apresentado como jogador do clube nesta quarta-feira, ao lado do presidente Peter Siesmen e do vice de futebol Ricardo Tenório. O meia não hesitou em elogiar os atacantes do clube, Fred e Walter, este último recém-contratado.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Walter é muito importante, vem para ajudar e espero poder ajudá-lo também. E todo mundo gostaria que o Fred disputasse a Copa do Mundo. Se fizer gols, certamente será convocado, porque é um dos melhores atacantes do futebol mundial", comentou o jogador.

Conca volta a vestir a camisa do Flu
Wagner Meier/Agif/Gazeta Press
Conca volta a vestir a camisa do Flu


Conca, que retorna ao tricolor carioca após uma passagem de dois anos e meio pelo futebol chinês, se disse satisfeito em vestir novamente a camisa do Flu.

"Agradeço ao clube, ao Celso Barros (presidente da Unimed, patrocinadora). É um momento importante da minha vida, volto para o lugar que melhor me senti. Me sinto muito feliz e motivado em vestir de novo a camisa do Fluminense", declarou.

MP paulista abre inquérito contra CBF e STJD para devolver pontos à Portuguesa

Mesmo após o período fora do país, o jogador tranquilizou a torcida e disse que não terá dificuldades em se readaptar ao futebol praticado no Brasil. No entanto, Conca prevê um ano equilibrado e complicado para todos.

"Já joguei aqui durante quatro anos e meio e acho que conheço bem o futebol brasileiro. Acho que o importante é trabalhar, porque não vai ser fácil. Nem para mim, nem para ninguém. O futebol está mais difícil a cada ano. A gente tem que pensar que pode prosseguir sem trabalho, porque sem isso você não consegue nada", avalia o camisa 11.


* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.