Tamanho do texto

Edenílson deve deixar a equipe paulista, que pode trazer de volta, por empréstimo, o lateral revelado na base do clube

Reinaldo e Fágner disputam bola em São Januário
Flickr/Vasco da Gama
Reinaldo e Fágner disputam bola em São Januário

Sem grandes novidades, o Corinthians trabalha no sentido de definir a situação da lateral direita. A diretoria aguarda a oficialização da proposta da Udinese por Edenílson e se mexe na busca por um substituto, sendo Fagner o nome favorito da lista.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

A saída de Edenílson parece questão de tempo, mas não está totalmente definida. Se o atleta já aceitou o salário oferecido pelos italianos, ainda não chegou o documento com a formalização do valor a ser desembolsado por eles pelos direitos econômicos - pouco mais de R$ 16 milhões.

Mercado da bola: veja as transferências que movimentam o futebol brasileiro

A expectativa é resolver a questão até a próxima semana e acertar também a chegada de outro jogador da posição. Com a iminente saída do titular e a aposentadoria de Alessandro, o Corinthians ficou com Diego Macedo - emprestado pelo Bragantino até o final do Campeonato Paulista - como única opção.

Fagner é o mais próximo de um acerto. Formado no próprio clube do Parque São Jorge - de onde saiu, aproveitando uma brecha contratual, para ir à Holanda -, ele disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Vasco e tem contrato com o alemão Wolfsburg até 2016.

A ideia é fechar o empréstimo de uma temporada do jogador de 24 anos. Ele é agenciado por Carlos Leite, que também é o empresário de Mano Menezes e tem boa relação com a diretoria alvinegra. Os dirigentes mostram otimismo no sucesso da negociação.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.