Tamanho do texto

"Não fiz gesto para ninguém. Eu só me ajeitei. Minha família estava no estádio, e não iria fazer esse gesto com eles lá", defende-se o jogador argentino

Di Maria teria feito gesto obsceno ao ser substituído contra o Celta Vigo
Reprodução
Di Maria teria feito gesto obsceno ao ser substituído contra o Celta Vigo

Ao ser substituído por Gareth Bale aos 19 minutos da etapa final da partida contra o Celta, na última segunda-feira, Ángel Di María foi vaiado pelos torcedores do Real Madrid e teria respondido às críticas com um gesto considerado obsceno. Incomodada, a diretoria merengue estuda punir o jogador, que nega ter ofendido o público.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"Não fiz gesto para ninguém. Eu só me ajeitei. Minha família estava no estádio, e não iria fazer esse gesto com eles lá", se defende o argentino em entrevista à Rádio Fox Sports , responsabilizando a polêmica à mídia. "Talvez a imprensa na Espanha não me queira, porque eu não venho dando entrevistas. Querem colocar a gente e o clube em conflito. Sempre estão esperando alguma coisa para poder me matar", dispara.

Leia mais: Cristiano Ronaldo faz dois, Real Madrid vence e segue na cola dos líderes

O atleta de 25 anos acredita que a imprensa do país esteja de perseguição com ele, já que há boatos de sua saída do clube nesta janela de transferências. "Quando eu saia do gramado, metade da torcida aplaudia e a outra metade me vaiava. Tenho uma relação muito boa com os torcedores do Real Madrid, mas sempre tenho que explicar tudo. Com os outros, não acontece nada, mas comigo é sempre uma bagunça. Se eu estivesse de cabeça quente, não teria cumprimentado ninguém" se defende o atleta de 25 anos.

O Real acabou vencendo o Celta por 3 a 0, mas, quando Di María saiu de campo, a partida ainda estava empatada. Bale, seu substituto, ainda chegou a dar assistência para o terceiro gol madrileno, o segundo marcado por Cristiano Ronaldo, já nos acréscimos. Benzema foi quem abriu o placar, três minutos após a substituição de Di María.

Com a vitória, os merengues se mantêm na terceira colocação, a cinco pontos de Barcelona e Atlético de Madrid, que dividem a ponta da tabela. O Real volta a atuar às 16 horas neste domingo, quando encara o Espanyol fora de casa, pela 19ª rodada do Campeonato Espanhol.