Tamanho do texto

Treinador usa exemplo de Lewandowski na Alemanha para dizer que não entende inquietação sobre sua decisão

Reuters

Massimiliano Allegri, técnico do Milan
AFP
Massimiliano Allegri, técnico do Milan

O técnico do Milan, Massimiliano Allegri, confirmou que vai deixar o time no final da temporada e disse que não conseguia entender a inquietação sobre sua decisão.

Allegri, que primeiro levou sua decisão a público em entrevista a um jornal na semana passada, disse em entrevista coletiva que deixaria o cargo após quatro anos no clube e tinha informado o executivo-chefe Adriano Galliani de sua decisão.

"Eu falei com Galliani antes do Natal sobre a decisão de deixar o clube em junho", disse ele a jornalistas.

"É só na Itália, onde toda a confusão é feita. Ontem (sábado) o Bayern de Munique anunciou a chegada de (Robert) Lewandowski de uma equipe rival (Borussia Dortmund) e isso deve tornar-se normal na Itália também".

"Nada vai mudar a minha decisão", disse Allegri , que também se referiu à especulação de que o ex-Milan e meio de campo holandês Clarence Seedorf, atualmente no Brasil com o Botafogo, poderia substituí-lo.

"O clube vai encontrar a pessoa certa para tomar o meu lugar, alguém digno do clube. Seedorf é um jogador muito inteligente ... Treinamento é uma profissão diferente, mas eu sei que o clube vai escolher alguém capaz de obter os resultados que eles esperam", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.