Tamanho do texto

Equipe voltou aos trabalhos depois de um fim de 2013 turbulento e rebaixamento para a Série B

A Portuguesa iniciou os seus trabalhos em 2014 neste sábado. Sem o meia Héverton, pivô da polêmica que rebaixou a Lusa à Série B do Campeonato Brasileiro após o fim da competição nacional da temporada passada, e a maioria de seus atletas titulares em 2013, a equipe do técnico Guto Ferreira fez o seu primeiro trabalho aberto à imprensa.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

A atividade aconteceu no CT do Parque Ecológico. Os jogadores se reuniram com membros da diretoria para uma conversa antes do primeiro trabalho do ano - como é tradicionalmente feito em todos os clubes - e depois suaram a camisa em um treinamento focado na parte física. Após trabalhos na caixa de areia, todos passaram pela academia - para atividades aeróbicas e de musculação - e depois correram em volta do campo.

Se comparado ao de 2013, o elenco visto no treino deste sábado é muito diferente. Atletas conhecidos, como os meias Souza e Corrêa, o lateral Luis Ricardo e o atacante Diogo não fazem mais parte do grupo da Portuguesa, que ainda deve sofrer alterações até o início do Campeonato Paulista. A estreia da Lusa será no dia 19 de janeiro, contra o Corinthians, no estádio do Canindé.

Até aqui, a contratação mais expressiva da equipe do Canindé para 2014 é o zagueiro André Vinícius, ex-Corinthians, com passagem pelo Bragantino. Assim, resta a Guto Ferreira trabalhar, inicialmente, somente com os jogadores disponibilizados pela diretoria. O rebaixamento à segunda divisão nacional causou um prejuízo de aproximadamente R$ 16 milhões - que seriam recebidos somente com o contrato de transmissões televisivas - e, certamente, dificultará a busca por reforços.

Centro de Treinamentos repaginado

Além do elenco lusitano, quem também reapareceu diferente neste sábado foi o CT do Parque Ecológico. O local ganhou algumas novidades para 2014. Foram construídas duas novas salas, voltadas ao departamento médico, e há ainda obras para a edificação de uma sala de imprensa. No momento, o CT não conta com um espaço dedicado aos jornalistas.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.