Tamanho do texto

Presidente do Atlético-MG manifestou desejo de renovar o contrato do lateral-esquerdo

Júnior César, lateral do Atlético-MG
Futura Press
Júnior César, lateral do Atlético-MG

O lateral-esquerdo Júnior César, que perdeu espaço no Atlético-MG com o técnico Cuca, deve ter mais uma oportunidade no clube, agora sob o comando de Paulo Autuori. O novo treinador pediu a permanência do jogador e deverá ser atendido pelo presidente Alexandre Kalil, que também manifestou desejo de renovar o contrato do atleta.

"O Autuori quer o Júnior César, e o Atlético-MG também quer", disse Kalil em entrevista à Rádio Itatiaia. Além de Júnior César, o Galo conta apenas com Richarlyson para a posição, mas o atleta se recupera de cirurgia no joelho. O jovem Lucas Cândido também joga no setor, mas o jogador é volante de origem.

Com a permanência de Júnior César, o Atlético-MG praticamente descarta a chegada de um atleta para o setor, mas Kalil garante que reforços vão chegar para a temporada. O dirigente, porém, evita falar em nomes, alegando que o clube trabalha em sigilo para não prejudicar as negociações.

"Falar de nome agora, vai contratar fulano, beltrano, só atrapalha. Não que a gente gosta de segredinho. Mas se eu souber que um jogador que me interessa está sendo negociado, eu entro na briga. Tudo que está se falando aí é mentira. Quem nós queremos que fique, que saia ou contratar está debaixo de sete chaves. Eu não deixo sair. Eu guardo segredo", garantiu.